Entretenimento

30 de setembro de 2019 11:28

‘A Fazenda 11’: Phellipe Haagensen é expulso após assediar Hariany

A decisão da Record TV foi anunciada na noite de domingo (29), em transmissão ao vivo.

↑ Foto: Reprodução/Record

O fazendeiro Phellipe Haagensen foi expulso de ‘A Fazenda 11’ após dar um beijo em Hariany sem o consentimento da peoa. A decisão da Record TV foi anunciada na noite de domingo (29), em transmissão ao vivo.

“Beijo roubado ou forçado, encoxada ou mão boba são considerados crimes contra a dignidade sexual. Pelo regulamento do programa é proibida qualquer ação que coloque em risco a integridade física do participante. A produção deve cumprir o regulamento, mas também as leis”, iniciou o apresentador Marcos Mion. 

“Em razão da situação de inconformismo da Hariany, de se sentir invadida pelo beijo, que de fato aconteceu e foi assumido pelo Phellipe. Com isso, o departamento jurídico da Record TV decidiu que ele deve sair do programa. Diante destes fatos, o Phellipe está expulso e não continua na nossa competição”, finalizou.

Antes do anúncio, o ator foi chamado na despensa pela produção do programa e não retornou. Os confinados foram informados através de um comunicado.

“Glória a Deus que ele saiu”, comemorou Thayse Teixeira.

ENTENDA

Na madrugada de sábado (28), após a festa Luau Havaiano, Phellipe debatia com Diego Grossi quando Hariany entrou na discussão. Ele, então, se aproximou dela e roubou um selinho sem a permissão da jovem.

O público reagiu à cena e pediu a expulsão do ator do reality.

Em nota divulgada para imprensa na tarde de sábado, os parentes da ex-BBB afirmam que estão “consternados pelo atentado contra a dignidade sexual sofrido pela participante”.

“O beijo que o senhor Phellipe Haagensen deu em Hariany, sem consentimento, pode ser configurado como contravenção penal e a fere, não só em sua pessoalidade, mas como mulher. Não é aceitável em nenhuma hipótese que este ato fique impune. Por isso, pedimos providências imediatas dos órgãos competentes”, dizia o comunicado.

A equipe de Phellipe Haagensen também se manifestou sobre o ocorrido.

“O jogo do Phellipe é desestabilizar as pessoas, e acreditamos que a intensidade da pressão pré e pós confinamento está mexendo com o emocional dele e de muitos ali. Roubar um selinho de alguém no calor de uma confusão poderia ocasionar uma reação da mesma em agredi-lo e causar uma expulsão dela”, declarou o perfil oficial.

Fonte: Ana Maria

Comentários

MAIS NO TH