Entretenimento

12 de abril de 2019 10:52

‘Orfãos da Terra’: Fique ligado! Laila é forçada a denunciar Jamil à Polícia

Cenas vão ao ar nos próximos capítulos da novela das 18h

↑ Foto: Divulgação

O drama de Laila (Julia Dalavia) vai aumentar nos próximos capítulos de Órfãos da Terra. Grávida de Jamil (Renato Góes) e expulsa de casa pelo pai, Elias (Marco Ricca), a mocinha descobrirá que seu amado trabalha para Aziz (Herson Capri) e será forçada pela família a denunciá-lo à Polícia por perseguição. Em troca, os pais fazem uma proposta à jovem: vão lhe perdoar a aceitar que ela volte a viver sob o mesmo teto que eles.

Diante da descoberta de que Jamil trabalha para Aziz, Elias e Missade (Ana Cecília Costa) reúnem a família e todos pressionam Laila para que ela não só se afaste imediatamente do rapaz, mas também o denuncie por perseguição. Afinal, todos temem que ele esteja no Brasil apenas para levar a jovem de volta para o Líbano e, consequentemente, para as mãos do sheik, que certamente irá transformar a vida dela num inferno.

Sem acreditar que Jamil seja capaz de fazer qualquer mal a ela e ao filho que espera, Laila resiste, afirmando que o rapaz não só prometeu se casar, mas também assumir a criança. Entretanto, a pressão dos pais é imediata. Enquanto Missade diz que isso certamente é uma armadilha, Elias joga na cara da filha que o sujeito já se aproveitou dela e agora está querendo entregá-la a Aziz em troca de muito dinheiro.

Para aumentar ainda mais a angústia da moça, Miguel (Paulo Betti) questiona se ela já se imaginou aprisionada no harém do sheik pelo resto de sua vida. Por sua vez, Rania (Eliane Giardini) joga mais lenha na fogueira ao dizer que Aziz poderá fazer coisas muito piores para se vingar.

Pressionada por todos os lados e com a confiança em Jamil abalada desde que viu a foto dele ao lado de Aziz, Laila cede e resolve pedir na Justiça uma medida protetiva para evitar que o amado se aproxime dela. Em troca, é aceita de volta pelos pais para viver sob o mesmo teto que eles.

Fonte: Metrópoles / Marcelo Nobre

Comentários

MAIS NO TH