Entretenimento

12 de setembro de 2018 13:52

Revoltado, ‘viúvo’ xinga e diz que doaria herança de George Michael

Fadi Fawaz já havia explicitado sua raiva com a ausência de seu nome no testamento quando o documento veio à público em agosto

↑ Foto: Reprodução/Rede Social

O namorado do cantor George Michael (1963-2016) surtou nas redes sociais, xingou o músico e disse que doaria todo o dinheiro que gostaria de ter recebido do artista. Em um post compartilhado por Fadi Fawaz e já apagado de sua conta no Instagram, ele afirmou: “O meu pensamento matinal é que qualquer dinheiro que eu ganhasse daquele ícone f***** eu acabaria dando para a pessoa mais f***** e drogada na rua e daria para ela o dinheiro daquela pessoa mais f***** e drogada”.

O desabafo de Fadi Fawaz continua: “Eu quero ficar sentado vendo como aquele dinheiro sujo será gasto. Eu não posso esperar por essa p****”. No caso, o namoro do músico se refere à forma como os parentes de Michael gastarão o dinheiro deixado por ele. No início do mês de agosto, quando o testamento do músico foi finalmente aberto e revelado que a herança mencionava apenas familiares e afilhados do artista, Fawaz também surtou nas redes sociais.

“George, eu te odeio”, escreveu Fadi Fawaz no Twitter após ser informado que não receberia nada da fortuna deixada por seu parceiro. O músico deixou todo seu dinheiro para instituições de caridade, para suas irmãs e seus funcionários. O artista morreu aos 53 anos, por causas naturais, disseram os especialistas responsáveis pelo exame do corpo de Michael.

Por meio de sua conta no Twitter, após afirmar odiar Michael, Fadi Fawaz também compartilhou uma mensagem na qual alega que o namorado cometeu suicídio: “Como eu posso estar decepcionado com alguém que tira a própria vida? Se alguém pode fazer isso, pode fazer muito pior com outras pessoas”.

A mensagem no qual o namorado de George Michael (1963-2016) declara seu ódio ao músido (Foto: Twitter)
Uma das mensagem enigmáticas compartilhadas pelo namorado de George Michael (1963-2016) (Foto: Twitter)

Fonte: Globo/Monet

Comentários

MAIS NO TH