Entretenimento

5 de março de 2018 10:48

‘A Forma da Água’ é o grande vencedor do Oscar 2018

Guillermo Del Toro levou o prêmio de Melhor Diretor e 'Viva: A Vida é uma Festa' ganhou estatueta de Animação

↑ Foto: Reprodução

O Oscar 2018 foi uma cerimônia marcada por declarações a favor da igualdade de gênero e  apoio a movimentos como o Time’s Up. O comediante Jimmy Kimmel abriu a cerimônia criticando Harvey Weinstein, falando sobre assédio sexual e explicando o constrangimento do ano anterior quando o vencedor errado foi anunciado. Mas apesar disso, os favoritos realmente prevaleceram no Dolby Theatre durante a 90ª cerimônia da Academia neste domingo.

Nas principais categorias, Guillermo Del Toro conquistou a honra de melhor diretor pelo filme, enquanto Gary Oldman venceu como melhor ator por ‘Destino de Uma Nação’, e Frances McDormand ganhou de melhor atriz por ‘Três Anúncios Para Um Crime’. Sam Rockwell levou para casa a estatueta de melhor ator coadjuvante por ‘Três Anúncios Para Um Crime’, e Allison Janney conquistou sua vitória pelo filme ‘Eu, Tonya’, na categoria de atriz coadjuvante.

‘A Forma da Água’, thriller de fantasia estrelado por Sally Hawkins como uma mulher muda que descobre um humanóide aquático bizarro em um tanque de um laboratório secreto do governo e o ajuda a escapar enquanto se apaixona por ele, foi o grande vencedor da noite. Dirigido pelo cineasta mexicano Guillermo del Toro, que venceu seu primeiro Oscar, o longa surpreendeu ao superar ‘Três Anúncios Para um Crime’.

Entre os momentos mais marcantes da noite, está o discurso de Frances McDormand, que recebeu aplausos ao dizer “Então, estou hiper ventilando um pouco. Se eu cair me socorra  porque eu tenho algumas coisas para dizer. Se eu puder ter a honra de ter todas as indicadas em todas as categorias de pé comigo nesta sala esta noite. Meryl [Streep] se você fizer isso, todas as outras farão. Levantem-se. As cineastas produtoras, diretoras, escritoras, compositoras, designers”. Uma a uma, as mulheres de Hollywood ficaram de pé na multidão no Teatro Dolby.

Após o discurso, o apresentador Jimmy Kimmel voltou ao palco e disse: “Realmente espero que Frances McDormand ganhe um Emmy pelo discurso que ela deu no Oscar porque isso foi absolutamente inacreditável”.

Terminando a noite, Faye Dunaway e Warren Beatty chegaram ao palco para uma segunda tentativa de apresentar o Oscar de Melhor Filme. Todos os olhos estavam nas lendas de Hollywood que causaram um mal estar monumental na cerimônia do ano passado ao anunciar o vencedor errado na mesma categoria.

Confira a lista completa de vencedores:

Melhor Filme
Me Chame pelo seu Nome
Dunkirk
O Destino de Uma Nação
Corra!
The Post
Lady Bird – É Hora de Voar
A Forma da Água
Trama Fantasma
Três Anúncios Para um Crime

Melhor Atriz
Sally Hawkins – A Forma da Água
Frances McDormand – Três Anúncios Para um Crime
Meryl Streep – The Post – A Guerra Secreta
Margot Robbie – Eu, Tonya
Saoirse Ronan – Lady Bird – É Hora de Voar

Melhor Ator
Timothée Chalamet – Me Chame Pelo Seu Nome
Daniel Kaluuya – Corra!
Gary Oldman – O Destino de Uma Nação
Denzel Washington – Roman J. Israel, Esq.
Daniel Day-Lewis – Trama Fantasma

Melhor Direção 
Guillermo del Toro – A Forma da Água
Christopher Nolan – Dunkirk
Paul Thomas Anderson – Trama Fantasma
Greta Gerwig – Lady Bird – É Hora de Voar
Jordan Peele – Corra!

Melhor Atriz Coadjuvante
Mary J. Blige – Mudbound
Leslie Manville – Trama Fantasma
Alison Janney – Eu, Tonya
Laurie Metcalf – Lady Bird – É Hora de Voar
Octavia Spencer – A Forma da Água

Melhor Ator Coadjuvante
Willem Dafoe – Projeto Flórida
Richard Jenkins – A Forma da Água
Christopher Plummer – Todo o Dinheiro do Mundo
Sam Rockwell – Três Anúncios Para um Crime
Woody Harrelson – Três Anúncios Para um Crime

Melhor Roteiro Adaptado
Me Chame Pelo Seu Nome
O Artista do Desastre
Logan
Molly’s Game
Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi

Melhor Roteiro Original
Doentes de amor
Corra!
Três Anúncios para um Crime
Lady Bird: É hora de voar
A Forma da Água

Melhor Design de Produção
A Bela e a Fera
Blade Runner 2049
O Destino de Uma Nação
Dunkirk
A Forma da Água

Melhor Fotografia
Blade Runner 2049 (Roger Deakins)
O Destino de Uma Nação (Bruno Delbonnel)
Dunkirk (Hoyte van Hoytema)
Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi (Rachel Morrison)
A Forma da Água (Dan Laustsen)

Melhor Figurino
A Bela e a Fera
O Destino de Uma Nação
Trama Fantasma
A Forma da Água
Victoria & Abdul

Melhor Edição de Som
Em Ritmo de Fuga – Julian Slater
Blade Runner 2049 – Mark Mangini, Theo Green
Dunkirk – Alex Gibson, Richard King
A Forma da Água – Nathan Robitaille
Star Wars: Os Últimos Jedi – Ren Klyce, Matthew Wood

Melhor Mixagem de Som
Em Ritmo de Fuga
Blade Runner 2049
Forma da Água
Star Wars: O Último Jedi
Dunkirk

Melhor Curta de Animação
Dear Basketball
Garden Party
Lou
Negative Space
Revolting Rhymes

Melhor Curta-Metragem
DeKalb Elementary
The Eleven O’Clock
My Nephew Emmett
The Silent Child
Watu Wote/All of Us

Melhor Trilha Sonora Original
Carter Burwell – Três Anúncios Para um Crime
Alexandre Desplat – A Forma da Água
Johnny Greenwood – Trama Fantasma
John Williams – Star Wars: Os Últimos Jedi
Hans Zimmer – Dunkirk

Melhores Efeitos Visuais
Blade Runner 2049
Guardiões da Galáxia Vol 2
Planeta dos Macacos – A Guerra
Star Wars: Os Últimos Jedi
Kong: A Ilha da Caveira

Melhor Edição
Em Ritmo de Fuga
Eu, Tonya
Três Anúncios para um Crime
Dunkirk
A Forma da Água

Melhor Maquiagem e Cabelo
Extraordinário
Destino de Uma Nação
Victoria e Abdul

Melhor Filme Estrangeiro
A Fantastic Woman
The Insult
Loveless
Body and Soul
The Square

Melhor Documentário em Curta-Metragem
Edith and Eddie
Heaven Is A Traffic Jam on the 405
Heroin(e)
Knife Skills
Traffic Stop

Melhor Documentário
Abacus: Small Enough to Jail
Faces Places
Icarus
Last Man in Aleppo
Strong Island

Melhor Canção Original
“Mistery of Love” – Me Chame pelo Seu Nome
“Stand Up From Somehting” – Marshal
“Mighty River” – Mudbound
“Remember Me” – Viva – A Vida é – uma Festa
“This is Me” – O Rei do Show

Melhor Animação
O Poderoso Chefinho
The Breadwinner
Viva – A Vida é uma Festa
O Touro Ferdinando
Com Amor, Van Gogh

Fonte: Globo

Comentários

MAIS NO TH