Entretenimento

1 de agosto de 2017 15:01

Angelina Jolie é acusada de explorar crianças no novo filme

↑ Foto: Divulgação

Angelina Jolie foi acusada de exploração infantil, depois de ter contado à revista Vanity Fair como é que foi o processo de escolha dos atores para o filme ‘First They Killed My Father’, da Netflix.

De acordo com o que a atriz confessou durante a entrevista, visitaram orfanatos, circos e escolas de favelas para escolherem crianças que com dificuldades.

“Os diretores do elenco criaram um jogo, bastante perturbador pelo seu realismo: Eles colocaram dinheiro em cima da mesa e pediram à criança que pensasse em algo que pudesse ter com aquele dinheiro e, de seguida, que roubassem o dinheiro. O diretor fingia que apanhava a criança, e ela tinha que contar uma mentira”, lê-se na peça da revista Vanity Fair.

O filme é sobre o regime de Khmer Rouge na década de 1970 e a escolhida para interpretar a personagem acabou por ser a pequena Srey Moch.

“Foi a única criança que olhou para o dinheiro durante muito, muito tempo”, disse Jolie sobre a menina que ficou com o papel. “Quando ela foi forçada a devolver o dinheiro, ficou cheia de emoção. […] Quando lhe perguntaram para que era o dinheiro, ela disse que o seu avô tinha morrido e a família não tinham dinheiro para um bom funeral”, acrescentou.

De acordo com a Sky News, perante a revelação da forma como a jovem atriz foi escolhida, várias pessoas manifestaram-se contra o método usado pelo elenco.

“A Angelina Jolie está louca. Que jogo psicológico tão cruel para brincar com crianças com dificuldades”, disse um internauta no Twitter.

“Isto é perturbador” e “o mundo está louco”, são outros dos muito comentários que se pode ler nas redes sociais.

Fonte: Chaoneka

Comentários

MAIS NO TH