Entretenimento

2 de janeiro de 2017 14:12

Brad Pitt estaria arrasado por passar festas longe dos filhos

De acordo com o 'The Mirror', ator não tem vergonha de chorar e teria tido pior final de ano de sua vida. ele luta na Justiça por guarda compartilhada.

Brad Pitt está na pior. De acordo com o “The Mirror”, o ator teria tido o pior fim de ano da sua via por estar longe dos filhos. O ator se separou de Angelina Jolie e, desde então, eles brigam na Justiça pela guarda dos filhos Maddox, 15, Pax, 13, Zahara, 11, Shiloh, 10, e gêmeos Vivienne e Knox, 8. “Ele desesperadamente sente falta de ter seus filhos com ele no Natal e Ano Novo”, disse uma fonte do site. “Ele cai no choro várias vezes, não tem vergonha de chorar mais. Brad  como um homem quebrado.” A atriz quer a guarda exclusiva dos seis filhos do casa, enquanto Pitt quer guarda compartilhada.

Há algumas semanas, advogados de Pitt declararam que Jolie “não tem um mecanismo de auto-regulação” para evitar que informações sensíveis sobre seus filhos e o divórcio se tornem públicas através da mídia.

A equipe jurídica do ator arquivou um memorando em um tribunal de Los Angeles no último dia 21 de dezembro explicando ao juiz que Pitt ele quer informações sobre o divórcio e a custódia de seus seis filhos sejam matidos em sigilo. Na documentação, Pitt, de 53 anos, acusa Jolie, de 41 anos, de comprometer a privacidade de seus filhos e não agir em seu “melhor interesse”. Os advogados de Pitt também redigiram uma proposta de ordem que eles gostariam que o juiz aprovasse na audiência de janeiro, que será em um tribunal em Los Angeles.

No início desta semana, as exigências de Brad para ver mais OS filhos foram rejeitadas por sua ex-mulher, pois sua batalha de divórcio tornou-se cada vez mais amarga. Antes da última audiência, que nem Pitt e Jolie compareceram, os advogados de ambos os lados supostamente submeteram informações via e-mails para o tribunal. O advogado do ator Lance Spiegel afirmou queenquanto seu cliente tem cumprido com o processo de terapia infantil, “a equipe de terapia tem ignorado ou desconsiderado as questões que [Brad] levantou.”

Ele acrescentou: “Independentemente dos pontos de vista [dos terapeutas], não há nenhuma razão para Brad não pedir ordens judiciais para mais acesso às crianças”. No final de novembro, os advogados de Pitt haviam perguntado à equipe jurídica de Jolie se a atriz concordaria em Pitt ter mais encontros em dezembro com as crianças, em sessões monitoradas de 30 a 60 minutos. A advogada Laura Wasser, porém, acusou Pitt e seus advogados de ignorar os melhores interesses das crianças como decidido pelos terapeutas.

 Pitt está sendo investigado após supostamente ter sido “verbalmente abusivo” e “físico” com seu filho mais velho. Jolie pediu o divórcio cinco dias depois do ocorrido, dizendo que a decisão de terminar o casamento “foi feita para a saúde da família”.


Fonte: Ego

Comentários

MAIS NO TH