Educação

28 de outubro de 2020 19:04

Estudantes do 10º período de Odontologia da Unit denunciam suspensão de estágio

Em nota, a Unit disse que a pró-reitoria de graduação está empenhada no retorno da oferta especial de estágio para os alunos do curso citado

↑ Unit Maceió (Foto: Divulgação)

Estudantes do 10 º período de Odontologia da Universidade Tiradentes (Unit/AL) denunciam  a suspensão da matéria de estágio o que para eles irá atrasar formaturas e a conclusão do curso.

‘’Nós nos matriculamos no décimo período e pagamos por isso. As disciplinas foram solicitadas e estávamos cientes que a parte prática (estágio) só poderia ser cumprida com a autorização da prefeitura. Pois bem, houve autorização, assinamos um documento e do nada nosso estágio foi cancelado. Eles alegaram que era um erro do sistema e que isso levaria tempo para ser corrigido. Na verdade, eles não disseram nada. Apenas informaram que o estágio foi cancelado mandando o recado pela coordenação’’, conta uma estudante que preferiu não se identificar por temer algum tipo de retaliação.

Ainda de acordo com a estudante foi feito contato com reitor, mas sem êxito. ‘’Tentar contato com ele é impossível. A Unit é um descaso quando o assunto é comunicação. Não sabemos a quem recorrer. Quando eu falo ‘eles’ eu me refiro ao reitor. Pois, a coordenação apenas recebe ordens dele. Não tem muito que ser feito. Nós estamos sendo prejudicados, pois isso atrasará nossa formação ainda mais, tendo em vista que já nos formaremos em atraso por conta da pandemia da Covid-19’’.

Outro estudante  da mesma turma que também prefere não se identificar explica que as turmas entraram em contato com a coordenação do curso que infelizmente não conseguiu ajudar. ‘’Infelizmente é subordinada a direção geral de graduação que se tornou irredutível com relação ao retorno do estágio imediato, a justificativa que nos deram é que por problemas no sistema de matrículas nós alunos teríamos que aceitar a suspensão do estágio até segunda ordem. Detalhe, fizemos matrícula de quase R$ 3000,00 para cursar teóricas e práticas simultaneamente como aconteceu no estágio do 9º período. Infelizmente para receber o valor da matrícula e parcelas a instituição não teve problemas com o sistema já com o sistema que nos permite ir às unidades básicas de saúde deu problemas. De fato a coordenação tentou resolver este problema de todas as formas com a direção da instituição, disso não temos do que reclamar da coordenação’’, diz o estudante.

Além da suspensão do estágio, os alunos reclamam da falta de comunicação ou contato direto com a direção da universidade. ‘’Impossível contatar o reitor e qualquer outro setor que não seja a coordenação, parece que eles fogem dos alunos. Infelizmente nós alunos estamos impedidos até de adentrar nos recintos da Instituição – seguranças particulares impedem o nosso acesso informando que só com autorização. Consequentemente nós alunos não conseguimos agendar nem mesmo uma reunião com eles. Por telefone, os responsáveis nunca estão presentes, então não tivemos alternativa a não ser externar o problema a um jornal de grande circulação e de notável respeito que é o Tribuna’’.

A turma diz ainda que a Unit não alegou nada em relação ao problema. ‘’Não alegaram quase nada, apenas mandaram um recado pela coordenação da seguinte forma ‘os estágios estão cancelados por tempo indeterminado ‘, depois justificaram superficialmente problemas com o sistema que nos matrícula em teóricas e práticas.

Para os alunos, o principal prejuízo é o atraso na formação de todos os acadêmicos. Pois já deveríamos está formados no meio deste ano. ‘’Agora ficamos à mercê de uma instituição que nos segura ali dentro sem nos dar o mínimo de respeito. Se quer uma nota de esclarecimento foi enviada aos alunos.  As maiorias dos alunos são de fora de Maceió e precisam se formar ainda este ano, pois aluguéis já se venceram e os custos em Maceió sem ter estágios são altíssimos para o bolso dos alunos. Outro fato é que os alunos de Odontologia de períodos iniciais já retornaram suas atividades práticas em quanto nós que somos de um 10° período (último período do curso) ficamos de escanteio com nossas práticas paralisadas sem data para retorno. Precisamos urgentemente voltar os estágios extramuros e colar grau para só assim finalizarmos aquilo que assinamos a mais de cinco anos num contrato de matrícula com a instituição’’, reclamam os estudantes.

A reportagem do Tribuna Hoje entrou em contrato com a assessoria da Unit, que  em nota  informou que as medidas necessárias para o retorno estão sendo tomadas. Confira a nota na íntegra:

‘’O Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL) entende a vontade dos alunos em retomar as atividades presenciais e compartilha deste mesmo sentimento. No entanto, segurança e o cuidado com a saúde são primordiais em todos os momentos. A pró-reitoria de graduação da universidade está empenhada no retorno da oferta especial de estágio para os alunos do curso citado.  Assim sendo, todo comunicado oficial sobre a retomada será enviado por e-mail aos alunos e publicado em: https://www.grupotiradentes.com/saibamais/destaque/nota-oficial/. Além de comunicar a toda a imprensa alagoana’’.

Fonte: Tribuna Hoje / Lucas França

Comentários

MAIS NO TH