Interior

29 de setembro de 2020 12:31

Senai/AL e MVV capacitam jovens para atuar no ramo da mineração

Programa Aprendiz Operacional da Mineração Vale Verde teve início com 50 alunos

↑ Foto: Assessoria

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) já iniciou a capacitação dos alunos do Programa Aprendiz Operacional da Mineração Vale Verde (MVV). Eles também farão cursos normativos promovidos pelo Serviço Social da Indústria (Sesi). A aula inaugural aconteceu no último dia 21, na Unidade Integrada Sesi Senai de Arapiraca, seguindo o protocolo de prevenção ao novo coronavírus.

No total, 50 pessoas dos municípios de Arapiraca e Craíbas, no Agreste de Alagoas, farão treinamento durante cerca de seis meses, com bolsa-auxílio mensal de R$ 600, transporte e alimentação fornecidos pela mineradora. Ao final do treinamento, os 41 alunos com melhor desempenho entrarão para o quadro permanente da empresa.

Para montar a grade de cursos, o Senai de Alagoas foi buscar experiência em outro departamento regional onde essa atividade econômica já é consolidada. “Estamos atuando em rede com o Senai de Minas Gerais, que possui expertise no segmento da mineração. Entre os cursos que vamos ofertar está o de Tratamento de Minério Completo. Em 2021, lançaremos o Curso Técnico em Mineração. O alagoano terá a oportunidade de se preparar para a nova indústria que surge em nosso Estado”, destacou a gerente da Unidade Sesi Senai Arapiraca, Thiana Feitosa Cysneiros.

Segundo a gerente de Recursos Humanos e Administrativo da MVV, Dione Queiroz, esta é uma oportunidade única para esses alagoanos, pois o curso é exclusivo na região. “Vejo essa oportunidade como sendo ímpar na vida dos que estão aqui, através desse processo seletivo. Esses jovens estarão sendo avaliados diariamente tanto na parte técnica, como na comportamental, o que para nós é de extrema importância. Espero que eles agarrem isso com muita garra, vontade e determinação”, afirmou.

Para o jovem João Paulo Alves de Albuquerque, natural de Craíbas, a iniciativa traz mais do que o crescimento pessoal. “A expectativa que eu tenho é de continuar fazendo carreira na MVV, de conseguir uma vaga dentro da mineração, de crescer nesse ramo e também poder acompanhar e contribuir com o desenvolvimento da minha cidade. Eu acho muito importante ter pessoas de lá, ter pessoas da região nesse processo, dando a cara e a identidade do local para esse projeto”, ressaltou.

No Senai, destaca o jovem, o ambiente é favorável para esse crescimento. “Nunca havia feito um curso no Senai antes. Aqui, a estrutura é impressionante, os professores são qualificados, o secretariado e a gestão também são engajados e falam a mesma língua, estão conectados. Sinto que existe um esforço para que a gente se sinta bem e aprenda de fato”, disse.

A capacitação deles ocorrerá em diversas etapas. Após o curso no Senai, os aprendizes de Operação de Planta irão para o Projeto Serrote para aprender com os multiplicadores internos da companhia. A previsão de operação do empreendimento já é para meados do ano que vem.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH