Educação

7 de junho de 2020 11:52

Gestão de Luciano Barbosa implantou 62 escolas de tempo integral

Também foram realizadas obras de reforma e ampliação em 170 escolas da rede estadual

↑ Alagoas avançou nos indicadores do Ideb, durante a gestão de Barbosa Fotos: Thiago Henrique (Seduc)

Quando assumiu a Secretaria de Educação de Alagoas, no ano de 2015, a rede pública estadual de ensino ainda não possuía escola de tempo integral.

Seguindo o modelo de sucesso adotado em Arapiraca, na época em que foi prefeito por duas gestões seguidas, Luciano Barbosa, em pouco tempo, inaugurou a Escola Marcos Antônio, no bairro Benedito Bentes, em Maceió, e depois estendeu o modelo de ensino para todo o estado de Alagoas.

Com o apoio do governador Renan Filho, a gestão de Luciano Barbosa conseguiu implantar 62 escolas de tempo integral, impulsionando o desenvolvimento da aprendizagem, mas também outros aspectos educacionais e novas habilidades dos estudantes.
A mudança do ensino regular para o ensino integral vem beneficiando milhares de estudantes, a exemplo do aluno Talisson Ferreira de Lima, que terminou os estudos na Escola Estadual Afrânio Lages, no Cepa, em 2019.

Ele considera que o ensino integral propiciou uma evolução de 100% no desenvolvimento de sua aprendizagem. Para ele, trata-se de uma escolha que vale a pena por trazer resultados e desenvolver habilidades.

A proposta – O Ensino Integral vai além de uma jornada ampliada de estudos, propondo uma aprendizagem mais ampla e desenvolvendo não só o aspecto cognitivo/intelectual, mas também o emocional, físico, social e cultural dos estudantes.

O desenvolvimento integral do aluno ocorre por atividades que vão além do currículo tradicional, com a oferta de disciplinas eletivas, projetos integradores, clubes juvenis e estudos orientados, dentre outras ações. Essas ações podem ser contempladas em iniciativas de protagonismo juvenil voltadas ao esporte, cultura, inclusão social, iniciação científica, entre outros.

Investimentos em 170 escolas

Dentre outros investimentos realizados pelo governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Educação, também podem ser destacadas as obras de reforma e ampliação de 170 escolas da rede estadual; implantação do modelo de ensino de tempo integral em 62 escolas; construção de 60 ginásios poliesportivos, sendo nove na cidade de Arapiraca, além da implantação do ensino de Robótica em 100 escolas e aquisição de 100 ônibus para o transporte dos estudantes em toda a rede estadual.

Também foi instituído o programa Escola 10, que mobiliza os municípios a melhorarem a educação pública das crianças alagoanas, o que fez Alagoas sair das últimas posições do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e alcançar o 16º lugar no ranking nacional, uma tarefa reconhecida no país com a Ordem Nacional do Mérito Educativo, entregue pelo Ministério da Educação.

Fonte: Sucursal Arapiraca

Comentários

MAIS NO TH