Cidades

15 de julho de 2019 20:15

Alagoas tem quase 90 mil inscritos para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio

Provas serão realizadas em 26 cidades do Estado entre 3 e 10 de novembro

↑ Imagem ilustrativa

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta segunda (15) que mais de 5 milhões de pessoas se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019. Destas, 89.826 farão as provas em 26 cidades de Alagoas.

As provas serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro, primeiro e segundo domingo do mês.

A Assessoria de Comunicação do Inep disponibiliza o perfil dos inscritos em Alagoas, confira alguns dos dados abaixo.

Gênero

Em Alagoas, 60,2% das pessoas que vão prester o Exame em 2019 são mulheres. Os homens representam 39,8% do total dos candidatos inscritos.

Faixa etária

Quanto à idade, 1,7% das pessoas que irão prestar o Enem tem menos de 16 anos; 5,8% têm 16 anos; 13,5% possuem 17; 14,5% têm 18; 11,4% têm 19; 8,5% têm 20; 32,1% estão com idade entre 21 e 30 anos; 12,4% entre 31 e 59 anos; e 0,1%, apenas 82 pessoas, farão as provas e possuem idade igual ou maior a 60 anos.

Cor/raça

Dos postulantes às vagas nas universidades públicas através do Enem, 3,9% declararam-se amarelos; 22% brancos; 0,8% indígenas; 2,3% não declararam raça ou cor; 59,7% pardos; e 11,4% pretos.

Situação ensino médio

24,2% dos candidatos ainda estão cursando a última série no ensino médio; 9,6% está cursando o ensino médio, mas ainda não concluirá este ano; 66% já concluíram; e 0,3% não está cursando nem concluiu o ensino médio.

Municípios

Os inscritos em Alagoas estão nas seguintes cidades: Água Branca (1%); Arapiraca (14,3%); Atalaia (0,9%); Batalha (1,2%); Boca da Mata (1,2%); Campo Alegre (1,4%); Coruripe (1,5%); Delmiro Gouveia (2,9%); Girau do Ponciano (2,1%); Igaci (1%); Maceió (39,6%); Marechal Deodoro (1,2%); Olho d’Água das Flores (1,5%); Palmeira dos Índios (4,1%); Penedo (2,5%); Pilar (1,6%); Porto Calvo (1,4%); Rio Largo (3,4%); Santana do Ipanema (2,5%); São José da Tapera (1%); São Luís do Quitunde (2%); São Miguel dos Campos (2,4%); Teotônio Viela (2,7%); Traipu (0,5%); União dos Palmares (4%); e Viçosa (2,1%).

Fonte: Texto: Bruno Martins

Comentários

MAIS NO TH