Educação

31 de maio de 2019 12:26

Tecnologia movimenta I Simpósio Internacional com presença indígena

Núcleo de Robótica apresenta carro sustentável e encanta índio da Aldeia Wassu Cocal

↑ Projeto tem como principal objetivo a confecção de um veículo sustentável que reutilize material em PVC (Foto: Assessoria)

O I Simpósio Internacional das Engenharias, Arquitetura e Sistemas de Informação, realizado pelo Centro Universitário de Maceió (Cesmac), garante sucesso com uma programação intensa e muito variada. O evento, que acontece até hoje, 31, também conta com estandes de vários cursos e ações da Instituição, incluindo o Núcleo de Robótica.

A Robótica do Cesmac vem desenvolvendo projetos com tecnologia e muita inovação. A Feira, que apresenta as novidades para os participantes do evento recebeu o projeto Fórmula Cesmac, com o veículo sustentável que reutiliza material em PVC. A idealização partiu do Núcleo de Robótica juntamente com um projeto de extensão do curso de Engenharia Civil e tem como parceiro a Amanco.

A novidade chamou a atenção do índio Almir, da Aldeia Indígena Wassu Cocal, situada no município de Joaquim Gomes, que participou de apresentação com o grupo indígena trazido pelo Núcleo Acadêmico Afro Indígena NAFRI/CESMAC, com a Dança do Toré.

Carro Sustentável

O projeto Fórmula Cesmac tem como principal objetivo a confecção de um veículo sustentável que reutilize material em PVC. A idealização partiu do Núcleo de Robótica Cesmac juntamente com um projeto de extensão do curso de Engenharia Civil tendo como parceiro a Amanco.

Visando sempre a metodologia do “aprender fazendo” o desenvolvimento do projeto teve a participação dos alunos dos cursos de Engenharia Civil, Sistemas de Informação, Engenharia Elétrica e Arquitetura e Urbanismo.

A ideia central é apresentar o veículo para toda a sociedade alagoana como um meio de transporte acessível e sustentável, que utilize energia renovável através do painel solar. Em paralelo esse projeto será apresentado em eventos e escolas públicas do estado e município para despertar a utilização consciente dos materiais de construção.

 

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH