Educação

15 de maio de 2017 11:41

Seduc abre vagas para professores temporários que atuem na rede pública estadual

Processo Seletivo Simplificado serve para compor banco de dados de monitores

↑ Professores alagoanos terão uma folha salarial a mais a partir do rateio de R$ 31 milhões do Fundeb (Foto: Reprodução)

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) pulicou, nesta segunda-feira (15), edital para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a composição do banco de dados dos professores temporários para atuarem nas escolas da rede pública estadual. O número de vagas é de acordo com a carência da rede, e a carga horária vai de 20 até 60h, dependendo do cargo escolhido.

De acordo com o superintendente de Valorização de Pessoas da Seduc, Carlos Henrique Palmeira Chaves, um terço das horas semanais serão utilizadas para a preparação do conteúdo ministrado em sala de aula.

“É importante ressaltar a importância da contratação dos professores temporários, tendo em vista que os mesmos suprem uma carência temporária ocasionada pelo afastamento dos professores efetivos, devido a algum problema de saúde. Os nossos professores temporários são tão qualificados quanto os efetivos”, afirma Chaves.

Para conferir o Edital Nº 031/2017 completo, acesse o Diário Oficial do Estado (DOE), desta segunda-feira (15), entre as páginas 20 e 25, ou clique no link https://goo.gl/J88NOQ. As vagas disponíveis são ofertadas para cursos como auxiliar de sala, professor monitor dos anos iniciais, de matemática, biologia, física, inglês, língua portuguesa, arte, educação física, entre outras.

O PSS será avaliado pela comissão composta por membros da superintendência de Valorização de Pessoas da Seduc. O processo será realizado em uma única etapa, que analisa o título dos candidatos, que poderão ser convocados e contratados. A validade do processo é de dois anos, a partir da data do resultado final.

A etapa de homologação de títulos contará com a presença somente dos candidatos inscritos e convocados para a sede da Gerência Regional de Educação (Gere) a qual ele se inscreveu. Caso algum candidato não compareça à convocação e entrega de documentos, ele será desclassificado.

Requisitos e inscrições

Para participar do processo seletivo, o interessado deve ser brasileiro nato, naturalizado, ou devidamente legalizado no Brasil, ter no mínimo 18 anos à época da contratação, possuir escolaridade mínima exigida para o cargo inscrito, estar quite com as obrigações eleitorais e militares, não possuir antecedente criminal, não ter sido demitido do serviço público e ter disponibilidade de, no mínimo, 20 horas semanais.

As inscrições serão realizadas exclusivamente no site da Seduc (www.educacao.al.gov.br) ou no endereço eletrônico www.sigepro.educacao.al.gov.br. O candidato poderá realizar somente uma inscrição e, assim que efetivada, não haverá alteração para o cargo escolhido pelo candidato.

No caso das pessoas portadoras de alguma deficiência, será aberto um banco de dados específico, com um percentual de 5% das convocações que surgirem ao longo do período. Consideram-se pessoas com deficiência aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no artigo 4º do Decreto Federal nº 3.298/99.

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH