Educação

1 de dezembro de 2016 17:26

Movimento grevista da Ufal faz campanha de doação de sangue contra a PEC 55

Ação aconteceu no Hospital Universitário e mobilizou comunidade usuária

O Comando de Greve dos técnico-administrativos da Ufal realizou, na manhã desta quinta-feira (01/12), mais uma ação do calendário de atividades dos servidores. O palco da mobilização foi o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA). E desta vez foi organizada uma campanha de doação de sangue no Banco de Sangue do HUPAA. Com o tema: “Doe sangue contra à PEC da morte”.

“A ação para incentivar a doação de sangue no HU foi importante e cumpriu seu papel no que diz respeito a solidariedade, além de nos ajudar a dialogar com a comunidade usuária do hospital sobre os efeitos maléficos da PEC 55 que congela, por 20 anos, os investimentos em Saúde e Educação” afirmou Evilázio Freire, coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores da Ufal (Sintufal). 

Com ajuda de um carro de som e distribuindo panfletos explicativos sobre a PEC 55, os servidores chamaram atenção da comunidade e avaliam que o trabalho foi positivo, mostrando que a PEC, entre outras coisa, congelará, também, o valor do salário mínimo. Exemplificando que se a PEC tivesse sido aprovada há 20 anos atrás, o salário mínimo de hoje seria de R$ 400,00, menos da metade do que o trabalhador recebe atualmente.  

A mobilização nacional dos técnico-administrativos das universidades contra à PEC 55/16 (antiga PEC 241) já paralisa 36 Instituições Federais de Ensino Superior. A proposta segue, agora, para análise em segundo turno no Senado e uma nova votação deve acontecer, ainda este mês, no plenário.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH