Educação

25 de outubro de 2016 13:13

Equipe de Alagoas vence Desafio Senai de Projetos Integradores

Premiação será em novembro, durante a Olimpíada do Conhecimento, que ocorre em Brasília-DF

Um projeto desenvolvido por alunos da Escola Integrada Sesi/Senai do Benedito Bentes, localizada em Maceió, ficou em primeiro lugar no Desafio Senai de Projetos Integradores, que este ano teve 993 trabalhos inscritos e cerca de 4 mil participantes de todo o Brasil. A premiação será em novembro, durante a Olimpíada do Conhecimento, que ocorre em Brasília-DF.

A ideia vencedora na categoria “Melhoria da Produtividade na Indústria” foi criada pelos alunos dos cursos de Administração Millena Ribeiro do Nascimento, Nycolas Ferreira de Macedo, Beatriz Araujo Oliveira Nunes, e de Tecnologia da Informação, Gabriel da Silva Bento, orientados pelos professores Carlos Antonio Fernandes da Silva e Sergio Ricardo Pereira Accioly.

Os jovens desenvolveram o protótipo do Production Tool, um software que auxilia gestores de indústrias de pequeno porte a planejar, executar e monitorar os processos produtivos por meio dos próprios funcionários. “O nosso objetivo é contribuir para evitar o fechamento de pequenas indústrias por meio de uma solução de baixo custo que ajude a aumentar a competitividade, além de incentivar um modelo de produção eficiente, com participação dos colaboradores”, afirmou a aluna Millena Ribeiro.

O Desafio Senai de Projetos Integradores é uma iniciativa da instituição para desenvolver, em seus alunos de cursos técnicos, a capacidade de trabalhar em grupo, propor ações inovadores e pensar de forma empreendedora. Os projetos devem fazer parte do que é trabalhado em sala de aula, compondo o currículo dos alunos.

Estado é campeão por dois anos consecutivos

Este é o segundo ano em que um trabalho de Alagoas conquista o primeiro lugar no Desafio Senai de Projetos Integradores. No ano passado, o projeto Agrowater conquistou o primeiro lugar na categoria “Água”.

Nesta edição, o Estado também se destacou na categoria Inclusão de Pessoas com Deficiência, com o terceiro lugar do projeto Cadeira de Rodas com Assento Adaptado, desenvolvido por alunos e professores do Centro de Formação Profissional Gustavo Paiva (Senai-Poço).

No Desafio Indústria Sustentável e Eficiência Energética, a escola Ebep Atalaia ficou na 9ª colocação, com o projeto Wood Plastic.

O Biscoito Recheado Saudável, também do Senai-Poço, ficou em 13º no Desafio Contribuição da Indústria para a Melhoria da Qualidade de Vida da Sociedade. “O grande potencial do Senai/AL está no engajamento e na experiência de nosso corpo técnico e, principalmente, na criatividade e soluções apresentadas por nossos alunos que, aliados ao Desafio Senai de Projetos Integradores, nos dá a oportunidade de demonstrarmos nosso diferencial da educação voltada ao empreendedorismo, à tecnologia e à inovação”, disse Tiago de Castro, da Assessoria de Tecnologia do Senai/AL.

Fonte: Comunicação Sistema Fiea

Comentários

MAIS NO TH