Economia

3 de dezembro de 2021 14:51

Grupo quer ampliar a participação da mulher na economia de Arapiraca

Empresárias da Capital do Agreste unem forças para fomentar novos negócios

 

Um grupo de empresárias de vários segmentos participou de uma reunião, na terça (30), voltada à formação do Núcleo dez Mulheres Empreendedoras de Arapiraca.

A iniciativa do Programa Empreender, que é desenvolvido pela Federação Alagoana das Associações Comerciais de Alagoas – FEDERALAGOAS, Associação Comercial de Arapiraca – ACISA, em parceria com o Sebrae, visa atender nos próximos dois anos cento e cinquenta empresas da capital do agreste em cinco núcleos empresariais.

O protagonismo feminino na maior cidade do interior de Alagoas destaca-se não apenas no empreendedorismo empresarial, mas em inúmeros outros setores que necessariamente não estão relacionados ao lucro monetário, e sim ao desenvolvimento do capital social de uma comunidade ou entidades sem fins lucrativos, ou da transformação da comunidade onde atuam e promover maior representatividade de grupos sociais menos favorecidos e em vulnerabilidade social. Enfim, está ligado ao dar “vez e voz” ao “fazer algo novo”, comenta a articuladora do Programa Empreender, Lourdes Rizzatto.

Histórias

“Reunir mulheres com histórias de vidas diversas, inspiradoras e motivadoras e que trazem em seus empreendimentos diferentes IGM (Índice de Maturidade de Gestão) reforça que, apesar das trajetórias pessoais e profissionais todas nós mulheres, nos reconhecemos e nos identificamos umas com as outras, de alguma forma. A sororidade será a base para desenvolvermos o Núcleo de Mulheres Empreendedoras em Arapiraca, pois trabalharemos a desconstrução das rivalidades com o foco voltado para o associativismo e o cooperativismo” informou a articuladora.
Pryscilla Lira, analista do Sebrae Arapiraca.

A instituição oferece  serviços que podem contribuir diretamente para o desenvolvimento do empreendedorismo feminino local.

Suzilane Ferreira, também analista do Sebrae, ressaltou a força da formação de um núcleo plural onde o comprometimento em compartilhar experiências se faz presente. Unir para reforçar a representatividade feminina local foi a palavra de ordem da reunião.

Empreendedoras do segmento cultural, festas, editoração, serviços, mídia, direito e educação participaram desse primeiro encontro do Núcleo de Mulheres Empreendedoras e deram o primeiro passo para a construção de um movimento que, ao que tudo indica, a longo prazo, dará a real noção da parcela de contribuição feminina no desenvolvimento da Capital Metropolitana do Agreste.

Núcleos de Economia Criativa e Óticas

No final do primeiro semestre de 2021, a FEDERALAGOAS, a ACISA e o Sebrae iniciaram as articulações para a formação de cinco núcleos em Arapiraca. Os segmentos selecionados foram economia criativa, óticas, mulheres empreendedoras, escolas e automotivos.

Três núcleos iniciaram as atividades este ano, e dois a partir de janeiro de 2022.

O principal objetivo é acompanhar cento e cinquenta empresas locais sejam MEI, ME e EPP durante dois anos para o aquecimento da economia local através do associativismo.

O Núcleo de Economia Criativa, o primeiro a ser formado, conta com profissionais dos segmentos de música, artes plásticas, artesanato, teatro, fotografia, audiovisual, produção cultural, literatura e cultura afro.

Já o Núcleo de Óticas é formado por empresárias(os) do segmento que visa dar maior competitividade ao setor através de ações coletivas de capacitação, além de informar à população sobre a importância de produtos e materiais de qualidade confiáveis para a garantia da saúde dos olhos.

O Programa Empreender também visa manter parceria com o poder executivo para que o diálogo seja a principal ferramenta para viabilizar ações voltadas às necessidades dos núcleos

Fonte: Davi Salsa com assessoria

Comentários

MAIS NO TH