Economia

20 de outubro de 2021 08:25

Salão do Imóvel em Maceió deve movimentar mais de R$ 80 milhões

Sexta edição do evento vai até domingo na orla de Ponta Verde, com empreendimentos que vão de R$ 400 mil a R$ 3 milhões

↑ O engenheiro Jaime Pouto e administradora Taciane Neves procuravam uma sala comercial e ficaram satisfeitos com a estrutura do imóvel ofertado (Foto: Edilson Omena)

Estimativa é de que negócios realizados durante a 6ª edição do Salão do Imóvel, que acontece desde segunda-feira (18) e se estende até o próximo domingo, supere os R$ 80 milhões. O diretor administrativo-financeiro da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas (Ademi), Ronald Vasco, disse que o mercado imobiliário encontra-se aquecido e destacou as possibilidades de financiamentos bancários, como um dos facilitadores para a realização dos negócios durante o evento.

“As condições para financiar imóveis estão bastante favoráveis. Muitas vezes é bem mais vantajoso se pagar um financiamento que um aluguel”, afirmou Vasco.

Outro ponto destacado pelo diretor da Ademi, para a realização do alto volume de negócios durante o Salão do Imóvel, foi o represamento do setor da construção civil, durante a pandemia, causada pelas incertezas do momento. Segundo ele, o momento atual mostra que a aquisição de imóvel é um investimento completamente seguro. “Várias pessoas que realizavam outros investimentos estão migrando para a aquisição de imóveis”, afirmou.

O perfil do evento contempla projetos bem elaborados com imóveis que vão dos R$ 400 mil até R$ 3 milhões. São quinze empreendimentos com diversas unidades comerciais e residenciais de salas, apartamentos, loteamentos e casas.

O engenheiro Jaime Pouto e a administradora Taciana Neves que procuravam uma sala comercial afirmaram que os valores encontrados estavam dentro do esperado para o momento atual e que estavam bem satisfeitos com a estrutura do imóvel ofertado a eles durante o evento. “Estou até surpreso com os itens disponibilizados na infraestrutura do prédio, que possui até mesmo tomadas para carros elétricos. E isso é pensar em um futuro que já estamos vivendo”, afirmou Jaime Pouto.

Evento conta com 26 estandes de construtoras alagoanas

 

O evento acontece em uma estrutura de mais de 2.000 metros quadrados na orla da Ponta Verde, localizada na Avenida Sílvio Viana, 2321, até o próximo domingo. Até o sábado (23) das 16h às 22h e no domingo 14h às 22h. São 26 estandes com lançamentos de construtoras alagoanas, como também instituições financeiras e fornecedores do setor da construção civil.

Visando uma maior comodidade dos clientes, o Salão do Imóvel conta com serviço gratuito de manobristas e espaço kids, além de uma praça gourmet. Entre os expositores estão as construtoras V2, Colil, Uchôa, Telesil, Sanco, Construart, Taboada, Record, R Pontes e MRV/Sensia.

O Banco do Brasil e a Caixa Econômica também participam do evento. O evento é uma das ações do movimento Imóvel é Mais Negócio, iniciativa da Ademi com o objetivo de incentivar a aquisição de imóveis, e conta com correalização do Sinduscon e do Sebrae, patrocínio da Algás, Famossul, Ibratin, Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), Conselho de Engenharia e Agronomia (Crea), Mútua, Forma Legno e Montes Carlos, além de apoio do Banco do Brasil, TPH Engenharia, Record Engenharia, Eu Planto, Grand Cru, Caatinga Rocks, Bali e Empório Farol.

Fonte: Tribuna Independente / Sirley Veloso

Comentários

MAIS NO TH