Economia

20 de maio de 2021 08:55

Praia do Patacho pode receber Selo Bandeira Azul

↑ Praia do Patacho é candidata ao selo prestigiado já no ano de 2022 (Foto: Divulgação)

O Selo Bandeira Azul, desenvolvido no Brasil pelo Instituto de Ambientes em Rede (IAR), que é o operador nacional dos programas criados pela Foundation for Environmental Education (FEE), pode finalmente desembarcar em Alagoas em 2022. E a Praia do Patacho, em Porto de Pedras, pode se tornar a primeira praia do Estado a receber um dos mais prestigiados prêmios globais dedicados à gestão de praias. Uma praia pode ser eleita para ter a Bandeira Azul se for oficialmente uma área de banho com pelo menos um ponto de coleta para análise de qualidade de água, educação ambiental, segurança e serviços, turismo sustentável e responsabilidade social.

Com o intuito de apresentar o cumprimento de todas as exigências formais da fase piloto que está sendo implantada desde 2020, com documentação e ações com a comunidade, é que a prefeitura de Porto de Pedras e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, estão definindo as próximas ações para que a Praia do Patacho possa receber o prestigioso Selo Bandeira Azul. Desde o ano passado que o município vem monitorando a qualidade da água e desenvolvendo projetos estruturais de acordo com as exigências do programa e dos órgãos ambientais.

No encontro desta semana, que reuniu o secretário Marcius Beltrão, da Sedetur; a coordenadora do programa em Alagoas, Sandra Vilanova; o prefeito Henrique Vilela e a secretária municipal de turismo, Zélia Cavalcanti, foi apresentado um amplo relatório da evolução da cidade ao longo dos últimos quatro anos, que tem se preparado para ter um turismo de base comunitária e sustentável. O município, por exemplo, se antecipou ao plano diretor que será executado pelo governo e iniciou um plano de ordenamento das praias, bem como já tem a garantia da execução do saneamento básico.

Além disso, a prefeitura apresentou também os novos projetos que serão instalados em Porto de Pedras, como hotéis boutique, a construção de vilas gastronômicas, praça de eventos, centro de artesanato, campo de golfe, clube de tiro e eventos esportivos internacionais programados para 2022.

Fonte: Tribuna Independente / Claudio Bulgarelli

Comentários

MAIS NO TH