Economia

20 de abril de 2021 07:37

Arapiraca investe no cultivo de camarão

Água salobra do Rio Poção é favorável à criação dos animais, na divisa com as cidades de Coité do Nóia e Taquarana

↑ Em Arapiraca, a carcinicultura já é uma realidade e tem colocado o município como polo em crescimento (Foto: Assessoria)

O camarão é um dos frutos do mar mais consumidos em todo o mundo, e a cada dia mais pessoas investem na criação desses animais em cativeiro para fins comerciais.

Além disso, o valor de mercado do quilo do camarão, que varia entre R$ 20 e 30 reais, tem chamado a atenção dos agricultores na Região Agreste.

Em Arapiraca, a carcinicultura já é uma realidade e tem colocado o município como um polo regional em franco crescimento.

A Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, tem incentivado o cultivo de camarão do mar, colocando técnicos à disposição dos agricultores para o acompanhamento nas propriedades, ensinando ações de manejo nutricional, sanitário e hidrológico, com vistas às etapas de aclimatação, despesca e até a comercialização dos animais.

Para o secretário Hibernon Cavalcante, o cultivo de começou a poucos meses e, agora, vem ganhando mais incentivo e apoio técnico.

Ele conta que, para incentivar ainda mais a produção, os criadores se juntaram e montaram uma associação, que é presidida pelo produtor Rosimário dos Santos.

“O camarão do mar é um produto extremamente procurado e valorizado. A ajuda da prefeitura é fundamental para incentivar a produção e, com certeza, muito em breve, teremos camarão de qualidade e com custo mais baixo na mesa do nosso povo”, explicou o presidente da Associação dos Produtores de Camarão de Arapiraca.

A atividade surge como uma excelente alternativa para os agricultores que possuem reservatórios com água salobra ou locais adequados para perfuração de poços artesianos.

Para iniciar a atividade, o produtor deve ter uma área de, pelo menos, uma tarefa de terra, onde será feito o reservatório com toda estrutura necessária para o cultivo do camarão de água salgada.

Mais de 30 famílias estão trabalhando com a carcinicultura em Arapiraca, sobretudo nas propriedades localizadas no perímetro do Rio Poção, na divisa com as cidades de Coité do Nóia e Taquarana.

ÁGUA SALOBRA

A região é bastante conhecida como polo produtor de abacaxi. “Com o camarão, podemos ter lucro em três meses. Compramos as larvas no Rio Grande do Norte e trazermos para criar aqui. Antes não tínhamos o apoio da prefeitura e agora temos. Queremos agradecer por todo o empenho e ajuda que estamos recebendo”, afirmou o presidente da associação.

Fonte: Tribuna Independente / Davi Salsa, com assessoria

Comentários

MAIS NO TH