Economia

13 de abril de 2021 10:36

Varejo: vendas crescem 0,9% em AL no mês de fevereiro, após 2 meses de variação negativa

As informações são da Pesquisa Mensal de Comércio divulgada nesta terça-feira (13), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

↑ Foto: Helena Pontes/IBGE Notícias

As vendas do comércio varejista cresceram 0,9% em Alagoas no mês de fevereiro, na comparação com o mês anterior. Essa é a primeira taxa positiva após as quedas observadas em janeiro (-4,1%) e dezembro (-5,9%). As informações são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nesta terça-feira (13), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao mesmo mês do ano anterior – fevereiro de 2020-, a queda observada foi de 8,6%. No acumulado do ano, o setor registrou queda de 6,5%, enquanto nos últimos 12 meses acumula redução de 3,6%.

No Brasil, o volume de vendas do comércio varejista voltou a crescer, registrando alta de 0,6% após dois meses consecutivos com variações negativas que somaram queda de 6,3%. O varejo se encontra agora no mesmo patamar de setembro de 2020 e 0,4% acima do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020).

Entre maio e outubro de 2020, o comércio havia mostrado forte crescimento no país, porém, o cenário se reverteu em dezembro. 

O rendimento médio das famílias de baixa renda chegou a aumentar 130% com o auxílio emergencial e, por isso, o período de maio e outubro foi muito bom para o comércio varejista, que chegou a atingir patamar 6,5% acima do período pré-pandemia. Em dezembro, no entanto, o valor do auxílio diminuiu e, em janeiro, deixou de existir, e isso reduziu o consumo. Temos ainda impactando o varejo negativamente a inflação e outros fatores relacionados à pandemia, como as restrições locais ao desenvolvimento de algumas atividades”, avalia o gerente da PMC, Cristiano Santos, observando o panorama nacional.

Por outro lado, ele ressalta que a volta às aulas gerou aquecimento nas vendas. “Janeiro é um mês de contas extraordinárias, como IPTU e IPVA, então é comum um consumo menor no comércio. Já em fevereiro, temos a volta do orçamento mensal das famílias a uma maior normalidade e o retorno dos alunos às escolas, aquecendo as compras de material escolar. Assim, mesmo com o cancelamento do carnaval, que impacta, por exemplo, em menores vendas de bebidas alcoólicas nos supermercados, tivemos uma variação positiva esse mês”, avalia Santos.

Vendas no comércio varejista ampliado crescem 2,1% em Alagoas

Em Alagoas, o volume de vendas do comércio varejista ampliado, que integra também as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, registrou um crescimento de 2,1% no mês de fevereiroHouve queda de 2,9%, no entanto, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado do ano, o comércio varejista ampliado sofreu redução (-3,1%) e, nos últimos 12 meses, a queda observada é menor (-1,7%).

Sobre a pesquisa

A Pesquisa Mensal de Comércio produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do comércio varejista no país e traz resultados mensais da variação do volume e receita nominal de vendas para o comércio varejista e comércio varejista ampliado (automóveis e materiais de construção) para o Brasil e unidades da federação. A técnica de coleta é o – Questionário eletrônico autopreenchido (CASI) e a Entrevista pessoal com questionário em papel (PAPI).

Fonte: Agência IBGE Notícias

Comentários

MAIS NO TH