Economia

23 de setembro de 2019 12:45

Governo reduz ICMS sobre o querosene de aviação e atrai novos voos para Alagoas

Objetivo é manter o crescimento da malha aérea e o desenvolvimento da atividade turística no estado

↑ Governador Renan Filho, assinou o Termo de Concessão de Incentivo Fiscal à Empresa Gol linhas aéreas (Fotos: Sandro Lima)

Na manhã desta segunda-feira (23), o governador de Alagoas Renan Filho, assinou o Termo de Concessão de Incentivo Fiscal à Empresa Gol linhas aéreas, garantindo a redução de 12 para 8% do ICMS sobre o querosene de aviação (QAV). O objetivo é manter o crescimento da malha aérea com a chegada de novos voos e o desenvolvimento da atividade turística no estado.

O presidente da GOL, Paulo Kakinoff, destacou que Alagoas foi o estado pioneiro na conquista de novos voos com a redução da carga tributária, serão voos diários frequentes para o aeroporto de Garulhos, com 350 voos adicionais para o aeroporto Zumbi dos Palmares em Maceió.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas, Rafael Brito, destacou a parceria da Gol na solução da malha aérea do estado, frisando que o momento da celebração do acordo beneficia não somente o turismo, mas também a economia de Alagoas.

“É a concretização de novos empregos para o estado com o preço da passagem vindo a cair”, mencionou. “Teremos um final de ano com a maior alta temporada do estado”, garantiu.

O incentivo garante a redução de 12 para 8% do ICMS sobre o Querosene de Aviação.  No mês passado, a GOL anunciou novos voos para Alagoas, adicionando três novas frequências do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na região metropolitana de Maceió, para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Além disso, para melhor atender a demanda da alta temporada, a Companhia oferecerá, ainda, voos extras partindo da capital alagoana para Brasília, São Paulo (Congonhas), Campinas (Viracopos) e Rio de Janeiro (RIOgaleão).

A solenidade aconteceu no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares, no centro de Maceió.

Confira o Pauta Extra sobre a solenidade:

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH