Economia

14 de novembro de 2018 17:24

Procon Alagoas alerta consumidores sobre compras durante a Black Friday

Nona edição do evento promete movimentar economia alagoana

↑ Diretor-presidente do Procon alerta para preços muito baixos e ofertas milagrosas (Foto: Ascom Procon)

Com a chegada da 9ª edição da Black Friday, no próximo dia 23, muitos consumidores alagoanos se preparam para ir às compras no evento que promete movimentar a economia de todo o Brasil. O Procon Alagoas alerta que, mesmo que as promoções sejam vantajosas, os consumidores devem ter atenção redobrada antes de finalizar a compra.

O Instituto informa que antes de realizar a compra, seja em lojas físicas ou virtuais, o cliente deve verificar os procedimentos para trocas e reclamações, pois as lojas só são obrigadas a efetuar a troca por problema na qualidade do produto. Caso o benefício de troca seja acertado previamente com o fornecedor, o consumidor deve exigir o registro por escrito, na etiqueta ou em nota fiscal. Nas compras pela internet, o contrato deve ser disponibilizado antes de finalizar a transação e o consumidor deve imprimir ou salvar em seu computador a página do site com os dados.

O órgão alerta para as promoções relâmpago de algumas empresas, que dias antes do evento aumentam o valor dos produtos e depois reduzem o preço durante a “Black Friday”, criando um falso desconto. Para evitar cair nessas armadilhas, o cliente deve monitorar os preços, pesquisando antecipadamente a fim de ter certeza de que o desconto oferecido é real.

“É preciso ficar alerta e desconfiar de preços muito baixos, ofertas milagrosas, ganhos fora do comum”, alerta o diretor-presidente do Procon Alagoas, Galba Novaes Netto. “É de extrema importância que o consumidor esteja consciente do que lhe foi ofertado, das condições de venda e que não esqueça de exigir a nota fiscal”, reforçou Galba.

O Núcleo de Apoio ao Superendividado (NAS) ressalta, também, a importância de fazer um planejamento financeiro antes de realizar a compra, para não comprar por impulso e, futuramente, comprometer o orçamento familiar.

O Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL) estará de plantão nos dias em que o evento acontece em Alagoas. O consumidor que encontrar alguma irregularidade poderá fazer sua denúncia por meio das redes sociais – Instagram, Facebook e WhatsApp –, enviando fotos ou vídeos que comprovem a infração ao Código de Defesa do Consumidor.

Fonte: Ascom Procon

Comentários

MAIS NO TH