Economia

30 de abril de 2018 17:11

Receita Federal recebe 216 mil declarações do IRPF em Alagoas

Órgão ainda aguarda 7 mil declarações até as 23h59m59s de hoje

↑ Receita Federal em Maceió (Foto: Adailson Calheiros / Arquivo)

A Receita Federal em Alagoas recebeu, até as 17h desta segunda-feira (30), 216 mil declarações do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, exercício 2018. Mas o órgão ainda aguarda 7 mil declarações até as 23h59m59s de hoje, horário em que o prazo para o envio da declaração, sem o pagamento de multa, será encerrado. No ano passado, 9 mil declarações foram entregues nas últimas 6 horas do prazo.

Quem deixar para enviar a declaração após a meia-noite de hoje, estará sujeito ao pagamento de uma multa que varia de R$ 165,74 a 20% do imposto devido. Segundo o delegado adjunto Francisco Tavares, mesmo que não haja imposto devido ou a pagar, o contribuinte ficará sujeito ao pagamento da multa mínima, se a declaração for enviada após o fim do prazo.

Para evitar o pagamento de multa, o contribuinte que não conseguiu toda a documentação exigida, pode enviar a declaração ainda que incompleta. Depois, é claro, precisa apresentar uma retificadora com todos os dados.

Está obrigado a enviar a declaração quem recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70. Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00, também precisar entregar a declaração.

A declaração pode ser feita no computador, mediante a utilização do Programa Gerador da Declaração (PGD), disponível no sítio da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), na internet, no endereço http://rfb.gov.br . O documento também pode apresentado por meio de dispositivos móveis, tablets e smartphones.

Todas as informações sobre a entrega da declaração pode ser vistas no endereço eletrônico http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2018/ .

O balanço final do IRPF 2018 será divulgado na quarta-feira (2/5).

Fonte: Assessoria da Delegacia da Receita Federal em Maceió

Comentários

MAIS NO TH