Economia

22 de novembro de 2017 16:56

Dólar cai e volta a R$ 3,23 à espera de reforma da Previdência

Moeda norte-americana recuou 0,54%, vendida a R$ 3,2349, no menor patamar desde 23 de outubro

↑ Foto: Reprodução

O dólar fechou em queda pelo 4º pregão seguido nesta quarta-feira (22), em sintonia com o movimento da moeda norte-americana ante divisas de emergentes no exterior, e com investidores à espera de resultados das negociações do presidente Michel Temer com a base aliada para aprovação da reforma da Previdência, destaca a Reuters.

A moeda norte-americana recuou 0,54%, a R$ 3,2349 na venda, menor patamar desde 23 de outubro (R$ 3,2311). Na mínima do dia, o dólar foi a R$ 3,2304.

O mercado seguia com liquidez mais baixa, por conta do feriado do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, que manterá as praças norte-americanas fechadas no dia seguinte.

No exterior, o dólar atingiu seu nível mais baixo em um mês contra o iene e o franco suíço após a queda surpresa, em outubro, de encomendas de bens de capital nos EUA e preocupações sobre o comportamento da inflação do país. O dólar cedia ante uma cesta de moedas e também firmou a queda ante divisas de emergentes, como o peso mexicano e a lira turca.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quarta-feira ao Blog do João Borges, que agora vê possibilidades concretas de aprovação da Reforma da Previdência.

O presidente Michel Temer está negociando intensamente para conquistar os votos que ainda faltam para aprovar a reforma ainda este ano. Nesta noite, oferecerá um jantar a deputados da base aliada para apresentar a nova e mais enxuta versão do texto da reforma, com a presença do relator da proposta, deputado Arthur de Oliveira Maia (PPS-BA).

O governo precisa dos votos de 308 do total de 513 deputados, já que se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição. Também precisa do apoio de 49 dos 81 senadores.

Fonte: Reuters

Comentários

MAIS NO TH