Economia

6 de novembro de 2017 16:49

Bovespa sobe após maior queda semanal desde maio

Investidores seguem atentos ao cenário político e às articulações do governo para avançar sua agenda de reformas

O principal índice da bolsa paulista pera em alta nesta segunda-feira (6), com o cenário de menos aversão a risco ajudando a manter o tom positivo depois da maior queda semanal desde maio, embora investidores sigam atentos ao cenário político e às articulações do governo para avançar sua agenda de reformas.

Às 16h18, o Ibovespa subia 0,5%, a 74.284 pontos.

As ações da Eletrobras lideravam as altas do índice com avanço de mais de 5%.

Vale ON e Petrobras PN subiam ao redor de 2%, contribuindo para sustentar o Ibovespa no terreno positivo.

As ações da BB Seguridade eram destaque positivo na sessão, após divulgar um lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre, alta de 20,7% ante igual período do ano passado, devido principalmente ao aumento das receitas de investimentos em participações societárias, disse a empresa nesta segunda-feira (6).

Localmente, investidores seguem atentos às articulações do governo para avançar sua agenda de reformas, principalmente a da Previdência, com receios de que a proximidade com as eleições majoritárias no próximo ano prejudique o andamento.

“A base rebelde e pouco disposta a colocar a digital em medidas impopulares em ano pré-eleitoral vai colocar o governo em saia justa em relação a ajuste fiscal”, escreveram analistas da corretora Lerosa Investimentos, acrescentando que as contas de 2018 não fecham sem essa votação e a indefinição eleitoral traz volatilidade e precaução desde já.

Na semana, o índice acumulou queda de 2,7%, o pior desempenho semanal desde meados de maio, quando o índice teve perda de mais de 8% na semana que agitou os mercados após a delação de executivos da JBS, destacou a Reuters na sexta-feira.

Fonte: Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH