Economia

26 de outubro de 2017 19:55

Brent alcança máxima após comentários da Arábia Saudita sobre acordo

Petróleo Brent avançou 0,86 dólar, ou 1,5 por cento, a 59,30 dólares por barril

O petróleo Brent fechou em uma máxima de 27 meses nesta quinta-feira, com o mercado focado mais em comentários da Arábia Saudita sobre acabar com o excedente global do que na inesperada alta dos estoques nos Estados Unidos e na maior produção e exportação pelo país norte-americano.

O petróleo Brent avançou 0,86 dólar, ou 1,5 por cento, a 59,30 dólares por barril, seu maior fechamento desde 3 de julho de 2015.

O petróleo dos Estados Unidos, enquanto isso, encerrou em alta de 0,46 dólar, ou 0,9 por cento, a 52,64 dólares por barril, seu maior fechamento desde 17 de abril.

Com os ganhos deste quinta-feira, os futuros Brent subiam pelo terceiro dia consecutivo após comentários mais cedo na semana da Arábia Saudita de que o reino estava determinado a acabar com um excedente global de petróleo que tem pressionado os preços há mais de três anos.

“Estamos comprometidos a trabalhar com todos os produtores, países da Opep e de fora… Nós vamos apoiar qualquer coisa para estabilizar a demanda e a oferta por petróleo”, disse à Reuters nesta quinta-feira o príncipe da coroa da Arábia Saudita, Mohammad bin Salman, quando questionado sobre se o reino iria apoiar estender um acordo para reduzir a oferta até o fim de 2018.

Fonte: Fonte: Reuters

Comentários

MAIS NO TH