Economia

26 de junho de 2017 16:15

Bovespa opera em alta nesta segunda com avanço de siderurgia e mineração

Na sexta-feira (23), o Ibovespa encerrou em 61.087 pontos, queda de 0,3% no dia e de 0,87% na semana

O Ibovespa opera em alta nesta segunda-feira (26), em uma sessão amparada pelo cenário externo mais favorável a ativos de risco e tendo as ações do setor siderúrgico e de mineração em destaque de alta, mas ainda em um ambiente de cautela com o cenário político.

O mercado também acompanha a eventual apresentação de denúncia pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente da República, Michel Temer. O prazo para o procurador-geral, Rodrigo Janot, decidir se oferece denúncia termina nesta terça-feira (27).

Às 14h50, o Ibovespa, principal indicador da bolsa, subia 1,61%, a 62.069 pontos.

Destaques

Os setores de siderurgia e mineração eram destaques de alta. Vale subia mais de 1%, em linha com os ganhos dos contratos futuros do minério de ferro na China. Os papéis classe A da Usiminas lideravam as altas, subindo mais de 4%.

Petrobras também operava em alta, mantendo o tom positivo, apesar dos preços do petróleo passarem a oscilar entre altas e baixas no mercado internacional, segundo a Reuters. Também no radar estava a retomada das negociações com a fornecedora de sondas Sete Brasil.

Fora do Ibovespa, os papéis preferenciais da Alpargatas avançavam mais de 3% após a empresa informar que sua controladora J&F fechou acordo para negociar a venda do controle da empresa para a gestora de recursos Cambuhy.

Cenários político e externo

Diante da eventual apresentação de denúncia contra Temer, a Câmara dos Deputados corre o risco de ter os seus trabalhos paralisados nesta semana. No Senado, a capacidade do governo em dar continuidade às reformas será testada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta semana.

Nesta quarta-feira (28), está prevista a votação, no colegiado, do projeto que altera vários pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

No exterior, a sessão era positiva para algumas commodities e contava ainda com notícias favoráveis da Europa, como a alta na confiança empresarial na Alemanha, que subiu para máxima recorde, assim como o início do processo de liquidação de dois bancos na Itália, visto como um passo importante para o governo italiano sanear o sistema bancário.

A equipe da corretora Guide Investimento escreveu que “os ventos favoráveis do exterior” devem contribuir com o tom favorável ao longo desta sessão, enquanto investidores aguardam novidades no campo político, ainda segundo a Reuters.

Último fechamento

Na sexta-feira (23), o Ibovespa encerrou em 61.087 pontos, queda de 0,3% no dia e de 0,87% na semana.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH