Economia

2 de maio de 2017 16:05

Bovespa sobe com otimismo por política doméstica e ajuste pós-feriado

Índice acumulou ganho de 2,58% na semana passada e de 0,65% no mês de abril

O principal índice da bolsa paulista operava em alta nesta terça-feira (2), diante da percepção de que as recentes manifestações não tiraram força do governo federal para avançar as reformas, incluindo a da Previdência, e também ajustando-se ao tom positivo do mercado acionário norte-americano na véspera, quando foi feriado no Brasil, segundo a Reuters. As ações da Embraer lideravam a ponta negativa após divulgação de balanço.

Às 15h39, o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, subia 1,91%, a 66.654 pontos.

“Em nenhum país do mundo a reforma previdenciária é tratada de maneira simples e os embates entre governo e população em geral estão sendo até menos ríspidos aqui se compararmos com outros países que fizeram reformas recentemente”, escreveram os analistas da corretora Lerosa Investimentos, em nota a clientes, destaca a Reuters.

Temer se reuniu na véspera com ministros e parlamentares da base aliada para discutir estratégias para aprovação das reformas trabalhista e da Previdência e, segundo reportagens na mídia, decidiu retaliar deputados infiéis ao governo. O mercado também ajustava-se aos ganhos de ADRs (recibos de ações nos Estados Unidos) negociados em Nova York na véspera, quando a bolsa brasileira não operou devido ao feriado do Dia do Trabalho.

Por volta do mesmo horário, as ações da Embraer caíam ao redor de 3%. Por outro lado, as ações da Petrobras, Vale, Itaú Unibanco, Bradesco e JBS tinham valorização.

Na sexta-feira (28), o Ibovespa fechou em alta de 1,12%, a 65.403 pontos. O indicador acumulou ganho de 2,58% na semana passada e de 0,65% no mês de abril.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH