Economia

12 de dezembro de 2016 18:59

Bovespa fecha em queda de mais de 2% nesta segunda-feira

Ibovespa recuou 2,19%, aos 59.178 pontos, em meio a preocupações por cena política

O principal índice da Bovespa fechou em queda de mais de 2% nesta segunda-feira (12), pressionado pelo cenário político mais conturbado, após vazamento da delação de um ex-diretor da Odebrecht citando o presidente Michel Temer e políticos próximos a ele.

O principal índice de ações da bolsa recuava 2,19%, aos 59.178 pontos.

Destaques do dia

Entre as principais pressões de baixa no dia estavam os papéis do Itaú Unibanco e do Bradesco, que possuem forte peso na composição do índice, que tombaram 4,13% e 4,16%, respectivamente.

Gerdau Met PN liderou as quedas da sessão, com recuo de mais de 8%.

No lado positivo figuravam as ações da Petrobras, cujos papéis ordinários subiram 0,88%, enquanto os preferenciais tiveram alta mais contida, de 0,13%. O tom positivo da petrolífera veio na esteira dos ganhos nos preços do petróleo após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e alguns de seus rivais chegarem ao primeiro acordo desde 2001 para reduzir conjuntamente a produção.

Cenário político

A nova tensão política acontece às vésperas da crucial votação em segundo turno no Senado da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o crescimento dos gastos públicos e quando se iniciam as discussões sobre a proposta de reforma da Previdência.

Além disso, Renan Calheiros foi alvo de nova denúncia pela Procuradoria-Geral da República nesta segunda-feira, acusado de receber propina e por lavagem de dinheiro no âmbito da operação Lava Jato, em mais uma complicação para o cenário político.

“A percepção do investidor estrangeiro para emergentes mudou depois da eleição de Donald Trump (à Presidência dos Estados Unidos) e esse cenário mais fraco ficou ainda pior com a situação política local”, disse à Reuters o analista da corretora Clear Raphael Figueredo.

A cautela nesta sessão foi reforçada pela expectativa da decisão do Federal Reserve sobre a taxa de juros dos Estados Unidos, que acontece na quarta-feira (14).

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH