Economia

22 de novembro de 2016 15:39

Bovespa sobe nesta terça amparada por cenário externo favorável a risco

Ibovespa avançou 1,85%, a 61.070 pontos

O principal índice da Bovespa opera em alta nesta terça-feira (22), em meio ao cenário externo mais favorável à tomada de risco e com os ganhos das ações de empresas de siderurgia e mineração entre os destaques positivos, após alta nos preços de minério e do aço na China.

Às 15h17, o Ibovespa, pcincipal indicador da Bolsa de São Paulo, subia 0,73%, a 61.513 pontos.

Os destaques de alta ficavam por conta da Vale, cujas açõesordinárias subiam mais de 5%.

As preferenciais da Petrobras operavam em queda de mais de 1%.

Embraer liderava as baixad o dia, com desvalorização de mais de 4%.

Cenário externo e interno

O alívio no cenário externo ajudava o Ibovespa a buscar a recuperação de patamares perdidos após a eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos, que levou a uma forte volatilidade nos mercados.

“De certa forma, as carteiras dos investidores já se ajustaram para os principais lances de Trump e a tendência é de acomodação”, escreveu o economista-chefe da corretora Modalmais, Alvaro Bandeira.

No cenário interno, investidores seguem atentos a possíveis desdobramentos envolvendo o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, que será investigado pela Comissão de Ética da Presidência República devido às acusações de que Geddel pressionou o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, pela liberação de um empreendimento imobiliário em Salvador.

Véspera

Na véspera, o Ibovespa subiu 1,85% a 61.070 pontos, recuperando o patamar perdido há pouco mais de uma semana, em meio às preocupações com as políticas do próximo governo dos Estados Unidos, sob o comando do republicano Donald Trump. O índice retomou o patamar de 61 mil pontos, impulsionado pelo avanço das ações do Banco do Brasil e da Petrobras, que subiram mais de 7%.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH