Cooperativas

2 de dezembro de 2021 17:24

Conheça a iniciativa da Emater que ajuda jovens a montar estufa com mudas

Iniciado em maio de 2017, o projeto contou a realização de um curso básico em agroecologia e produção de hortaliças agroecológicas e orgânicas

↑ (Foto: Ascom Emater/AL)

Na colônia Pindorama, no município de Coruripe, o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater), juntamente à Cooperativa Pindorama e ao Centro de Treinamento Rural de Pindorama (Centrup), implantou uma estufa para o desenvolvimento de mudas, com o apoio de um grupo de 25 jovens e adolescentes, entre 15 e 25 anos. Todos filhos e netos de colonos.

A iniciativa “O amanhã de Pindoroma” investe no cultivo de maracujá, acerola, jenipapo, ipê amarelo, cabo de ferro, sucupira, moringa oleífera e ora pro nobis. Iniciado em maio de 2017, o projeto contou a realização de um curso básico em agroecologia e produção de hortaliças agroecológicas e orgânicas. O objetivo é contribuir com a formação socioeducativa e profissional dos integrantes, para geração de trabalho e renda por meio da comercialização da produção.

As atividades são desenvolvidas em uma área da Cooperativa, na qual os extensionistas da Emater prestam assistência técnica contínua ao grupo de jovens. Esse acompanhamento é feito de maneira sistemática durante todo processo de produção, que envolve semeadura, tratos culturais, irrigação, adubação e controle fistossanitário, gestão e comercialização das mudas na estufa. Tudo isso realizado com base nos princípios da agroecologia.

Ao final do curso, foi estruturada a estufa com capacidade de produção de 20 mil mudas por mês, o que possibilitou a geração de renda para contribuir com as famílias, suprindo as necessidades pessoais. Além das melhorias sociais, o projeto trouxe pontos positivos no aspecto ambiental, por meio do biofertilizante feito a partir do reaproveitamento do material orgânico no local, e do uso de defensivos naturais para o controle de pragas.

“O projeto nos proporcionou uma importante visão na nossa vida pessoal e profissional. Desde o começo do curso, já foi possível ver uma nova realidade para nosso futuro, pelas temáticas abordadas. Hoje, vemos os resultados gerando frutos e renda, além do conhecimento adquirido. Na minha vida especificamente o projeto me deu um norte acadêmico e profissional, onde minhas escolhas foram direcionadas para a agricultura com ênfase na agroecologia”, relatou a aluna Vitória Leandra Santos, de 20 anos.

A técnica da Emater responsável pelo projeto, Maria da Guia, explicou que o intuito é contribuir com a formação socioeducativa e profissional dos participantes. “Nossa perspectiva é desenvolver habilidades em princípios e práticas da agroecologia, além de oportunizar a geração de ocupação e renda às famílias, fortalecer os vínculos com a comunidade e mantendo sua permanência no âmbito rural”.

10 anos da Emater

Criada em 2011, a Emater completa 10 anos no dia 1° de dezembro de 2021. E, nas últimas semanas, foram divulgados os 10 casos que obtiveram os maiores êxitos durante este período, para dar visibilidade ao trabalho de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) realizado pelo Instituto.

A ação visa mostrar a importância destes serviços para o agricultor e para a economia no Estado, pois, quando o campo produz, Alagoas desenvolve.

Fonte: Ascom Emater/AL

Comentários

MAIS NO TH