Cooperativas

18 de outubro de 2021 18:08

Sicoob divulga Agenda e Relatório de Sustentabilidade

Sistema lança publicação que reúne resultados de ações, avanços e contribuições recentes, juntamente com plano estratégico para os próximos anos

↑ Agência Sicoob (Foto: Assessoria)

O Sicoob apresenta oficialmente em outubro, a Agenda e o Relatório de Sustentabilidade, acompanhados de plano estratégico dos seus negócios. Os materiais convergem com as diretrizes do Banco Central do Brasil voltadas à Política de Responsabilidade Social, Ambiental e Climática.

O objetivo central da iniciativa é estruturar um ambiente de sustentabilidade sistêmica, visando integrar, de forma abrangente, as práticas sociais, ambientais e de governança (ESG) ao modelo de negócios do Sicoob.

“Vamos mobilizar todas as organizações do Sistema em torno do Pacto pelo Desenvolvimento Sustentável, acentuando o compromisso do Sicoob com as questões sociais, ambientais e climáticas, de acordo com a abordagem ESG, até 2023”, afirma Ênio Meinen, diretor de coordenação sistêmica e relações institucionais do Sicoob.

O programa inclui objetivos, metas e indicadores da Agenda; estrutura de Comitê de Sustentabilidade; Política de Responsabilidade Social; Pacto pelo Desenvolvimento Sustentável; processos de gestão de dados de sustentabilidade, além de Relatório de Gerenciamento de Riscos Sociais, Ambientais e Climáticos.

Apresentação de relatório

De acordo com Ênio Meinen, o Relatório de Sustentabilidade 2020 do Sicoob mostra, principalmente, como a instituição adaptou-se à nova realidade decorrente da pandemia e, também, como a cooperação tem auxiliado na travessia nesse período de grande adversidade.

Merecem destaque as medidas de apoio creditício que vêm assegurando a resiliência econômica e financeiras dos cooperados. “Fechamos 2020 com R$ 88,7 bilhões em operações de crédito, um crescimento de 36% com relação a 2019”, conta o executivo.

Especificamente para MPEs, segmento bastante vulnerável aos impactos da pandemia, as operações tiveram incremento de mais de 50%. “São centenas de milhares de microempreendedores, pequenos e médios negócios que puderam manter e até mesmo impulsionar suas atividades, garantindo emprego e renda, principalmente pelo interior do país”.

Ainda em relação ao crédito, o Sicoob reafirma seu empenho com a adequada avaliação dos riscos socioambientais e climáticos em todas as operações, incentivando boas práticas de sustentabilidade. “Intensificaremos a alocação de recursos financeiros e técnicos para apoiar nossos cooperados em sua transição para uma economia mais sustentável, circular e de baixo carbono”, diz Ênio Meinen.

O Relatório e a Agenda de Sustentabilidade podem ser conferidos na íntegra mediante acesso por meio do link: https://bit.ly/3jdImbk.

Sobre o Sicoob

Instituição financeira cooperativa, o Sicoob tem mais de 5,2 milhões de cooperados e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Oferecendo serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, marketplace, dentre outras soluções financeiras, o Sicoob é a única instituição financeira presente em mais de 300 municípios. É formado por 366 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e pelo Centro Cooperativo Sicoob (CCS), composto por uma confederação e um banco cooperativo, além de processadora e bandeira de cartões, administradora de consórcios, entidade de previdência complementar, seguradora e um instituto voltado para o investimento social. Ocupa a segunda colocação entre as instituições financeiras com maior quantidade de agências no Brasil, segundo ranking do Banco Central, com 3.523 pontos de atendimento em 1.934 cidades brasileiras. Acesse www.sicoob.com.br para mais informações.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH