Cooperativas

21 de agosto de 2020 11:44

Cooperativa vai recolher resíduos sólidos do TJ em Arapiraca

Previsão é que os órgãos judiciários em Arapiraca passem a destinar mensalmente uma tonelada de material reciclável

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) assinou um termo de compromisso com a Associação dos Catadores de Resíduos Sólidos de Arapiraca (Ascara), para a implantação da Coleta Seletiva nas unidades do Poder Judiciário no município agrestino.

O credenciamento da cooperativa foi oficializado em publicação no Diário da Justiça Eletrônico, na segunda-feira (17).

O Núcleo Socioambiental da Assessoria de Planejamento e Modernização do TJAL vai capacitar os funcionários de limpeza em Arapiraca para a separação dos materiais, mas ainda não há data para início das atividades.

A previsão é que os órgãos judiciários em Arapiraca passem a destinar mensalmente uma tonelada de material reciclável para a Associação.

Desde 2016, Judiciário alagoano já encaminhou mais de 77 mil toneladas de resíduos para a Cooperativa de Recicladores de Lixo Urbano de Maceió (Cooplum).

O montante inclui a coleta seletiva nos prédios da sede do Tribunal, Fórum da Capital, Escola Superior da Magistratura (Esmal), e Corregedoria-Geral de Justiça, que já totalizam 53 mil toneladas, somada à entrega voluntária de mais de 24 mil toneladas de material levado de casa pelos servidores.

Fonte: Davi Salsa com assessoria

Comentários

MAIS NO TH