Cooperativas

3 de março de 2020 15:22

AgroNordeste será complementar ao funcionamento da UBL de Batalha

Programa, de execução em âmbito nacional, terá seu ponto focal no município de Batalha

↑ UBL em Batalha (Foto: Assessoria)

Considerado uma aposta do Governo Federal, através do Ministério da Agricultura, para ampliar a produção e acesso à assistência técnica na agricultura, o AgroNordeste já está sendo bem recebido pelos pequenos produtores de leite da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA).

O programa, de execução em âmbito nacional, terá seu ponto focal no município de Batalha e vai atender a pecuária de leite, estimulando pequenos e médios produtores. O presidente da CPLA, Aldemar Monteiro, avalia que a chegada do AgroNordeste vai ajudar a cobrir um dos grandes gargalos para os agricultores familiares: a comercialização.

“É uma saída para os produtores de leite principalmente quando a Unidade de Beneficiamento – UBL estiver em operação. Ele se enquadra no projeto de reabertura da fábrica porque vai estimular a produção leiteira na região, atendendo os pequenos produtores. Isso vai trazer mais sustentabilidade e fazer com que o pequeno produtor consiga vender o leite a preço justo no mercado”, afirma o presidente da CPLA.

O parque industrial da UBL fica localizado no município de Batalha e é projetado para atender as demandas de produção de leite em pó, doce de leite, queijo, leite condensado e outras bebidas lácteas. “Com esse programa, podemos dar mais garantias ao produtor para que ele possa comercializar seu produto, receber seu dinheiro”, atenta Aldemar Monteiro.

AgroNordeste

O programa será implantado no biênio 2019/2020 em 230 municípios dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais. Em Alagoas, ele será executado no município de Batalha, atendendo as cadeias prioritárias da bovinocultura leiteira e apicultura.

Liderado pelo Mapa, o AgroNordeste será desenvolvido em parceria com órgãos vinculados à pasta e instituições como Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Banco do Nordeste (BNB) e o Banco do Brasil.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH