Cooperativas

3 de dezembro de 2019 17:00

Cooperativas da área educacional visitam Escola Cidade Viva em João Pessoa

Missão técnica levou cooperados para conhecer um modelo de educação referência no Brasil

↑ (Foto: Ascom Sistema OCB/AL)

Uma unidade educacional que inspira, incentiva e motiva. Assim é a Escola Internacional Cidade Viva na cidade de João Pessoa-Paraíba. Conhecer a instituição paraibana foi o objetivo de uma missão técnica para representantes de cooperativas-escolas de Alagoas.

Participaram da missão a Cooperativa Educacional de Maceió (Coopema – Colégio São Lucas), Cooperativa Educacional Maria Cristina de Souza (Coopemcs – Colégio Inovar) e Cooperativa Educacional de Xingó (Coopex – Colégio Boa Ideia e Escola Convivendo).

A Escola Internacional Cidade Viva existe há dez anos e hoje tem 800 alunos. O intuito da unidade é fazer com que os estudantes se desenvolvam por completo por meio de formação cristã. Da Educação Infantil ao Ensino Médio, a escola é bilíngue. É o primeiro projeto com tempo integral em escola particular da capital da Paraíba.

Durante a visita, os cooperados puderam conhecer a estrutura, a linha pedagógica, os projetos e a relação entre pais, alunos e escola. O que chamou muita atenção dos visitantes foi o projeto “Desenvolver” que recebe os pais individualmente para orientar e tirar dúvidas. Por meio de plantões pedagógicos, profissionais atendem de forma personalizada.

“Nós enfrentamos muita dificuldade na relação família e escola. Conhecer o método da Escola Cidade Viva nos dá uma luz para que a gente possa se aproximar mais dos pais. Todos saem ganhando”, afirmou a professora do Colégio São Lucas, Isabela Ferreira.

“A realidade é diferente da nossa, mas as ideias de projetos e linha pedagógica nos motiva a levar coisas boas para a nossa escola-cooperativa. Por exemplo, premiar o aluno com medalhas por bom comportamento e participação é excelente”, disse a presidente da Coopex, Arleide Gomes.

“A Escola Cidade Viva não tem como objetivo apenas repassar conhecimento, mas aqui também se aprende a ser humano. Para nós é uma honra receber esse grupo de educadores de Alagoas. É uma satisfação compartilhar o que temos de bom”, relatou o coordenador de Marketing de Relacionamento da unidade educacional, Einer Antonio Benides.

Um ponto que também chamou bastante atenção dos participantes da missão técnica foi a disciplina “Vida e Caráter” que é voltada para todas as turmas. Nas aulas os alunos aprendem sobre valores éticos e morais.

“A Escola Cidade Viva nos inspirou a levar para a nossa unidade em Atalaia temas ligados a valores. Precisamos ser insistentes no assunto para garantir um futuro melhor aos nossos alunos”, afirmou a diretora do Colégio Inovar, Ébia de Vasconcelos.

Essa foi a primeira missão técnica à Escola Cidade Viva, mas não será a última. Em 2020 está prevista uma nova visita com outros cooperados. “O modelo da Escola Cidade Viva é o que pensamos para nossas cooperativas-escolas. Apesar da realidade ser diferente, podemos adaptar muitos projetos que só trarão benefícios a cooperados e estudantes”, finalizou o presidente do sistema OCB/AL, Marcos Rocha.

Fonte: Ascom Sistema OCB/AL

Comentários

MAIS NO TH