Cooperativas

26 de maio de 2019 12:02

Cooperativa cresce 290% e chega a R$ 1 bilhão de ativos

A marca foi alcançada em janeiro deste ano e reflete a confiança do associado nas cooperativas do sistema

↑ O patrimônio líquido subiu 28% (Foto: Divulgação)

O Sicoob Central Rondon inicia 2019 com uma grande notícia para os associados, sociedade e, evidentemente todo o sistema: a chegada à marca de R$ 1 bilhão em ativos. Isto foi possível graças a um crescimento de 290% em apenas três anos, o que representa um desenvolvimento consistente e garante a sustentabilidade do negócio, com um impacto direto bastante positivo na oferta de produtos, serviços e crédito.

A marca foi alcançada em janeiro deste ano, no entanto o Sicoob Central Rondon fechou 2018 bem perto disso. Chegou no mês de dezembro com R$ 997,3 milhões em ativos totais, o que representa um crescimento de 57% ante os R$ 636 milhões apurados no exercício anterior. O patrimônio líquido subiu 28% e a Central também ganhou corpo, com um aumento de 30% na sua base de associados, que hoje somam mais de 48 mil.

Para a presidente do Sicoob Central Rondon, Aifa Naomi, o aumento dos ativos reflete a confiança do associado nas cooperativas do sistema. Os ativos são os recursos que a cooperativa administra. É o dinheiro em conta, empréstimos concedidos e demais movimentações dentro da instituição. Em 2015, o Sicoob Central Rondon administrava R$ 346 milhões de ativos, obtendo um crescimento considerável na ordem de 290%, evoluindo para R$ 1 bilhão em ativos, no período de pouco mais de três anos.

“São mais pessoas acreditando e fazendo suas movimentações com o Sicoob. Esse crescimento nos ativos aumenta a nossa participação no mercado enquanto sistema cooperativo frente às instituições bancárias. As pessoas que movimentavam apenas com um banco começam a fazer movimentos com a cooperativa e isso é importante para consolidar a posição do cooperativismo nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia”, comemora.

Segundo a presidente, esse novo momento possibilita às cooperativas ampliarem a capacidade de expansão, atender em outras regiões por meio da implantação de novas agências, porque o volume de recursos administrados e de sobras geradas são maiores. “Esse fortalecimento do sistema dá uma sustentação para que as cooperativas consigam estar presentes em mais municípios nos dois estados”, afirma.

Aifa lembra que não há como comemorar tais resultados sem lembrar do apoio do Sicoob Confederação e do Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), que participaram ativamente no crescimento do Sicoob Central Rondon. “Eles tiveram uma participação fundamental no apoio e reorganização de processos, capacitação, auxílio em demandas mais voltadas para a tecnologia e sustentação nos projetos de expansão, além da oferta de produtos e serviços”, exemplifica.

Números nacionais

O sistema fechou o ano com R$ 21,3 bilhões em patrimônio líquido, o que torna o Sicoob a 6ª maior instituição no Sistema Financeiro Nacional, R$ 54,6 bilhões em operações de crédito (7º maior), R$ 64,8 bilhões em depósitos totais (6º maior) e R$ 104,2 bilhões em ativos totais (8º maior).

As cooperativas do Sistema Sicoob encerraram 2018 com lucro líquido (sobras) de R$ 3,12 bilhões, um crescimento de 12,2% em relação ao ano anterior. O resultado bruto da intermediação financeira subiu 9,7% chegando a R$ 7,202 bilhões. As receitas de prestação de serviços e tarifas tiveram alta de 15,5%, obtendo um total de R$ 2,323 bilhões. Já as despesas de pessoal e administrativas aumentaram 7,7% o que represente R$ 5,6 bilhões.

Ao término de dezembro, a carteira de crédito era de R$ 54,5 bilhões, com expansão de 20,4% no ano. O crescimento maior foi em pessoa física (8,6%), mas em pessoa jurídica também houve alta (1,9%). A maior parte da carteira consiste em empréstimos e títulos descontados (R$ 35,4 bilhões), seguidos de financiamentos rurais e agroindustriais (R$ 14,5 bilhões) e financiamentos (R$ 4,6 bilhões).

Siccob
A rede Sicoob é a quinta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 2,9 mil pontos de atendimento. O Sistema chegou a dezembro de 2018 com 4,4 milhões de cooperados em todo o país, fazendo-se presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. São 451 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação).

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH