Cooperativas

21 de maio de 2019 17:40

UBL vai colaborar com inclusão produtiva de 10 mil produtores de leite

Parque industrial da UBL é baseado em um modelo tecnológico para atender as demandas de beneficiamento e produção de leite em pó, leite condensado, doce de leite, queijo, leite UHT e bebidas lácteas

↑ Foto: Reprodução
A missão da Unidade de Beneficiamento do Leite (UBL) da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA) é mais fácil do que se pode imaginar. Com a fábrica em operação, ela pode colaborar com a inclusão produtiva de dez mil pequenos produtores, triplicando a renda e aumentando a capacidade de produção da agricultura familiar.
“A UBL fecha um dos grandes gargalos que temos dentro da cadeia produtiva do leite. O projeto amplia a diversificação de laticínio no estado e contempla a matéria-prima vinda dos agricultores, que terá onde entregar o leite de forma permanente”, acredita o presidente da CPLA, Aldemar Monteiro.
O parque industrial da UBL é baseado em um modelo tecnológico para atender as demandas de beneficiamento e produção de leite em pó, leite condensado, doce de leite, queijo, leite UHT e bebidas lácteas.
“O que a gente quer é gerar renda para os pequenos produtores. E mais: favorecer o desenvolvimento econômico do nosso estado”, atenta Monteiro.
De acordo com o Plano de Negócios da fábrica, o empreendimento será responsável pela geração de R$ 2.379.255,993, em ICMS no estado, além de R$ 4.210.932 do imposto de Previdência Social, com uma expectativa de empregar diretamente 560 pessoas e de forma indireta outros 20 mil.
“O Plano de Negócios já foi apresentado a vários especialistas, empresários e parceiros políticos da cooperativa, que acreditam no potencial da unidade. O que precisamos é que ela seja ativada para conseguir concretizar isso”, aponta o presidente da CPLA.
Com mais de R$ 20 milhões investidos, a unidade pertencente a cooperativa está localizada no município de Batalha e aguarda a entrada de mais recursos para que possa concluir pouco menos de 30% da obra e entrar em funcionamento.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH