Cooperativas

10 de maio de 2019 13:04

Cooperativa recebe Prêmio Expressão de Ecologia pela terceira vez

Projetos serão publicados no Guia Sustentabilidade 2019, um anuário especial da Editora Expressão que será lançado no evento de premiação

A Cocari conquistou, pela terceira vez, o Prêmio Expressão de Ecologia – Troféu Onda Verde, a maior premiação do Sul do Brasil. A entrega será no dia 2 de agosto de 2019, na sede da FIESC, em Florianópolis (SC). Além disso, os projetos premiados serão publicados no Guia Sustentabilidade 2019, um anuário especial da Editora Expressão que será lançado no evento de premiação.

O prêmio – Tradicional, o Prêmio Expressão de Ecologia foi criado pela Editora Expressão, em 1993, um ano após a Conferência Mundial do Meio Ambiente no Rio de Janeiro, quando o mundo assumiu os impactos ambientais que a atividade humana gerou no planeta. Desde então, o Prêmio visa à divulgação e incentivo de ações ambientais promovidas por empresas do sul do país.

Terceira premiação – A Cocari foi já foi destaque no Prêmio em outras duas ocasiões. Em 2013, recebeu a premiação pelo projeto Cultivando Cidadania, que contrata alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) para a produção de mudas de essências nativas, que são destinadas à reserva legal e mata ciliar das propriedades dos cooperados; em 2016, conquistou o Prêmio com o Projeto Meio Ambiente – Eu Cuido!, que consiste no plantio de mudas de essências nativas por crianças da rede municipal de Jandaia do Sul (PR), que visa promover a conscientização de crianças no cuidado com os recursos naturais. O projeto também prevê visitas ao bosque plantado durante cinco anos, sendo que durante as visitas, as crianças podem observar o desenvolvimento das árvores dando valor à vida e ao meio ambiente, resgatando, naturalmente, o convívio com o meio rural.

O projeto vencedor –  Neste ano, o Projeto Olho D’Água rendeu a premiação à cooperativa. A iniciativa tem como objetivo o aumento da vazão; proteção da fauna e flora local; água livre de contaminação para uso nas atividades domésticas e agrícolas. Desde 2009, junto à Nortox, o projeto restaura nascentes em propriedades de cooperados. Até o momento, são 803 minas restauradas no Paraná e 23 no Cerrado. O projeto conta com o apoio da secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), Emater e Instituto ambiental do Paraná (IAP); e, em Goiás, tem o apoio da Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos de Goiás (Semarh-GO).

Expansão – O projeto teve enorme aceitação no Paraná e chamou a atenção de produtores de Goiás, sendo expandido para a região de atuação da Cocari naquele estado. Além disso, o Projeto Olho D’Água tornou-se modelo e tem chamado a atenção de prefeituras de diversos municípios paranaenses, como São Pedro do Ivaí, Jandaia do Sul, Lunardelli e Mandaguari, além de Lorena, no estado de São Paulo. Na difusão dessa iniciativa, a Cocari atua como multiplicadora, apoiando e habilitando colaboradores dessas instituições para a execução do projeto.

Satisfação – A Cocari segue buscando soluções que sejam sustentáveis e viáveis para a sociedade e para o meio ambiente, reiterando seu interesse pelas comunidades das áreas onde atua. Por isso, a cooperativa comemora, com satisfação, o reconhecimento de suas ações por meio do Troféu Onda Verde na 26ª edição do Prêmio Expressão. (Imprensa Cocari)

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH