Cooperativas

19 de abril de 2019 10:32

Coopenorte pode encerrar suas atividades em Japaratinga

Associados da Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis do Litoral Norte estão temerosos

↑ Coopenorte funciona em terreno e proprietário deu prazo até o dia 30 para trabalhadores desocuparem imóvel (Cortesia / Coopenorte)

A mais importante e atuante cooperativa de reciclagem do litoral Norte de Alagoas, a Coopenorte, pode estar com seus dias contados em sua sede de Japaratinga, município onde começou suas atividades.

Os associados da Cooperativa dos Catadores de Materiais Recicláveis do Litoral Norte estão temerosos e preocupados com a possibilidade da entidade encerrar suas atividades na cidade litorânea.

O motivo do possível fechamento é que o grupo vai ficar sem a sede a partir do dia 30 de abril. A atual sede da Coopernorte fica às margens da rodovia AL-465, próximo ao sítio Cais.

O problema é que a sede da entidade fica em um terreno cedido pelo proprietário, que agora decidiu vender o imóvel e deu o prazo até o dia 30 deste mês para a desocupação. A Coopernorte existe no município há mais de seis anos e vem gerando renda na cidade litorânea. Os atuais 14 associados na cidade temem que fiquem desempregados por conta do terreno que será vendido. O desespero tomou conta dos associados e de seus familiares.

A direção da cooperativa procurou à prefeitura de Japaratinga para tentar viabilizar uma nova sede para a entidade, mas até o momento ainda não foi encontrada uma solução. O secretário de Meio Ambiente do município, Paulo Sérgio Souza, disse que a direção da cooperativa entrou em contato com a pasta para tentar encontrar uma solução. Reconhecendo a importância do projeto, responsável pela reciclagem de grande parte do lixo da cidade, ele afirmou que é preciso resolver essa situação. “Existe um terreno disponível às margens da AL-465, mas é preciso saber da viabilidade do terreno. Vamos conversar com o prefeito Júnior Loureiro e depois com a cooperativa”, disse o secretário.

Em Japaratinga, no litoral, a cooperativa conta com 14 associados e comercializa mais de sete toneladas de lixo reciclável por mês nas cidades de Maceió e Recife. Eles reciclam plástico, papelão, papel, ferro, vidro, metais, madeira, entre outros. A Coopernorte é a mais importante cooperativa de materiais recicláveis da região Norte de Alagoas. Mensalmente, mais de 15 toneladas de lixo são reciclados por meio do trabalho da instituição. A entidade tem sede em Japaratinga e no ano passado abriu uma filial em Porto Calvo.

Fonte: Tribuna Independente / Texto: Claudio Bulgarelli – Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH