Cooperativas

8 de março de 2019 22:14

Pindorama registra segunda maior safra de cana da sua história

Foram processadas 910 mil toneladas de cana. Para a próxima safra, a meta é um milhão de toneladas

↑ Resultado foi um reflexo da aposta da indústria na renovação dos canaviais e do clima (Foto: Divulgação)

Com crescimento de 27% na safra de cana 18/19, a Usina Pindorama conseguiu registrar o segundo melhor resultado na sua história. Foram processadas 910 mil toneladas de cana. O resultado só não foi melhor do que a safra 11/12, quando chegou a esmagar 947 mil toneladas.

O resultado foi um reflexo da aposta da indústria na renovação dos canaviais, além do “empurrão” dado pelo clima. “A chuva ajudou bastante, especialmente após dezembro. Se o clima continuar favorecendo, esperamos um novo crescimento na próxima safra”, aponta Klécio Santos, presidente da Cooperativa Pindorama.

A produtividade média também aumentou em relação à safra passada, quando processou 717 mil toneladas de cana, passando de cerca de 58 toneladas de cana por hectare para 60 toneladas por hectares. “Num esforço conjunto com todos os nossos cooperados, a cada safra temos renovado entre 2 mil a 3 mil hectares de cana. A renovação tem ajudado bastante a melhorar os nossos resultados”, enfatiza Santos.

Para a próxima safra, a meta é bater um milhão de toneladas. “A questão da estiagem dos últimos cinco anos, que perdurou até o final de 2018, inviabilizou, nesta safra, a produção acima de um milhão, mas ficamos colados nesse número. Fizemos investimentos pontuais em estrutura e vamos continuar trabalhando para melhorar o desempenho produtivo. No canavial, vamos focar na renovação do plantio”, adianta Klécio

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH