Cooperativas

20 de dezembro de 2018 16:23

Pernil, lombo e tender ganham concorrente na ceia de Natal

Sobrepaleta suína chega ao mercado como alternativa aos pratos tradicionais

↑ Acompanhado por legumes, corte é alternativa para a Ceia de Natal (Foto: Comunicação Alegra)

A Ceia de Natal envolve uma série de tradições: família reunida, horário de servir, decoração completa e muitas opções de pratos na mesa. Para a hora do jantar, assim como o tradicional peru, a carne suína também é muito procurada nessa época, seja pelo sabor, apresentação na mesa ou pelo preparo, mais rápido e fácil. Dentre as opções comuns na noite de Natal, o pernil, o tender e o lombo são os mais procurados, mas existem outros cortes que podem compor uma ceia saborosa.

Uma outra escolha não tão conhecida e que combina com a ocasião é a sobrepaleta suína, que traz sabor e maciez, sem deixar de lado uma boa apresentação. Como lançamento para as festas de final de ano, a Alegra acaba de lançar um produto exclusivo e já temperado: a sobrepaleta ao vinho. O chef Dobis dá algumas dicas de harmonização para esse prato que pode surpreender os convidados na noite de Natal.

Segundo ele, para acompanhar a carne, a sugestão são os legumes, como batatas pré-cozidas, cenouras ou até mesmo as cebolas roxas assadas. Além disso, os molhos também são acompanhamentos que fazem a diferença na hora de servir. “A sobrepaleta ao vinho vai bem com molho de amora, frutas vermelhas ou qualquer tipo de molho agridoce”, acrescenta o chef. Para beber, ele indica que sejam servidos vinhos brancos secos, mas para aqueles que preferem cerveja, segundo ele, as opções de pilsen ou trigo são as mais recomendadas.

Sobre a Alegra

Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final.

Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem-estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa certificação em bem-estar suíno, pela WQS. Mais informações em www.alegrafoods.com.br .

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH