Cooperativas

8 de novembro de 2018 15:38

Coleta seletiva será implantada no Fórum de Maceió, Corregedoria e Esmal

Material coletado será enviado para a Cooperativa de Recicladores de Lixo Urbano de Maceió (Cooplum)

↑ Projeto foi debatido com coordenadores da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal) (Foto: Dicom do TJ/AL)

A coleta seletiva, que funciona desde 2016 no Tribunal de Justiça de Alagoas, será ampliada para o Fórum de Maceió, Corregedoria e Escola Superior da Magistratura (Esmal). A expectativa é que os trabalhos comecem já em dezembro.

De acordo com o coordenador do Núcleo Socioambiental do TJAL, Alexandre Moraes, os contêineres, balanças e coletores de pilhas já chegaram. “Falta decidir o local onde serão instalados e a quantidade de lixeiras e sacolas em cada setor. Também vamos definir quem ficará responsável pelas pesagens. Os servidores e funcionários da limpeza deverão ainda passar por uma sensibilização”, disse o coordenador, que esteve nos locais para explicar o projeto, nessa terça (6) e quarta-feira (7).

Todo o material coletado será encaminhado para a Cooperativa de Recicladores de Lixo Urbano de Maceió (Cooplum), que funciona no bairro Jacarecica e atende cerca de 20 famílias. Ainda segundo Alexandre Moraes, a coleta seletiva deve ser levada também para o Fórum de Arapiraca, com previsão de início em fevereiro do ano que vem.

Dados da coleta

Neste ano, o TJ/AL já encaminhou para a Cooplum 8,1 toneladas de material reciclável. Desde que o projeto foi implementado, já foram entregues quase 20 toneladas de papel, papelão, alumínio, embalagens plásticas, entre outros materiais.

Servidores da sede do Tribunal podem contribuir trazendo recicláveis de suas casas. As coletas acontecem nas segundas e terças-feiras, das 7h às 9h30 e das 13h às 14h30. Os dias e horários nas demais unidades ainda serão definidos.

Fonte: Dicom do TJ/AL / Texto: Diego Silveira

Comentários

MAIS NO TH