Cooperativas

11 de setembro de 2018 16:36

Deputada quer inserir produção de 600 assentados em Programa de Aquisição de Alimentos

Pleito foi levado pela deputada estadual Jó Pereira ao diretor-presidente da Emater, Elizeu Rêgo

↑ (Foto: Assessoria)

A viabilização do fornecimento de alimentos produzidos por cerca de 600 agricultores do Assentamento Ouricuri, na zona rural de Atalaia, dentro do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA/AL), foi o pleito levado pela deputada estadual Jó Pereira ao diretor-presidente da Emater (Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas), Elizeu Rêgo.

“Fizemos o encaminhamento necessário para que a cooperativa do Assentamento Ouricuri esteja entre aquelas que irão fornecer os produtos da agricultura familiar produzidos por seus assentados ao Estado, para execução do PAA, cujos recursos são oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep)”, explicou a parlamentar durante a reunião, ocorrida na tarde desta segunda-feira (10), na sede do Instituto.

“É mais dinheiro na roça, é mais dinheiro no campo, é o agricultor familiar tendo condição de fazer o escoamento da sua produção. Produzindo mais, a gente tem dinheiro no bolso do agricultor, que gira na economia dos municípios”, completou Jó Pereira, acompanhada de representantes dos assentados.

Limoeiro

Durante o encontro, a deputada também lembrou ao presidente da Emater que o município de Limoeiro de Anadia está sem assistência técnica para emissão da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP).

Em razão do período eleitoral, não pode ser celebrado convênio com o município, mas Elizeu Rêgo afirmou que a Emater dará todo o suporte para que o pequeno agricultor de Limoeiro não seja prejudicado pela ausência da emissão.

Também participaram da reunião, o secretário de Agricultura de Limoeiro de Anadia, José Ferreira de Souza, e o presidente da Cooper Canudos, Maurício da Silva, representando os assentados de Atalaia.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH