Cooperativas

30 de agosto de 2018 08:05

Jorgraf conquista premiação nacional

Repórter Ana Paula Omena fatura 3ª colocação na categoria multimídia do 17º Prêmio Massey Ferguson de Jornalismo

↑ Jornalista Ana Paula Omena recebe prêmio durante solenidade na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul (Foto: Cortesia)

A jornalista Ana Paula Omena conquistou o terceiro lugar no 17º Prêmio Nacional Massey Ferguson de Jornalismo com a reportagem “A grande chance: assentados da reforma agrária se preparam para entrar na Universidade” publicada no portal Tribuna Hoje.

Ana Paula compõe a equipe de profissionais da Cooperativa dos Jornalistas Gráficos do Estado de Alagoas (Jorgraf) há pouco mais de nove anos e coleciona treze premiações, sendo uma das jornalistas mais premiadas do estado. Em âmbito nacional, ela faturou outros dois prêmios, além de dez premiações realizadas no estado.

Incluindo a jornalista alagoana, concorreram 600 trabalhos no Prêmio Nacional Massey Ferguson divididos em sete categorias, englobando América do Sul, Central e Caribe. Ela conquistou o terceiro lugar na categoria multimídia. A premiação ocorreu ontem (29/08) na cidade de Canoas no Rio Grande do Sul.

Ana Paula conta que a ideia para a matéria surgiu após uma divulgação da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) sobre um projeto pioneiro no país:  uma oportunidade de estudos para assentados.

“A ideia surgiu de um release da Ufal. Pelo tema ser inovador e Alagoas ser o pioneiro no Brasil a ter um curso de agroecologia voltado para assentados da reforma agrária, pensei em levar a informação para o leitor internauta de forma mais aprofundada, ouvindo os principais interessados nesta graduação. Viajei e fui ver de perto como os assentados estão se preparando pra prestar esse vestibular. Que inclusive já aconteceu no dia 20 de agosto, e as personagens estão confiantes”.

Na reportagem, a jornalista detalha como estudantes do assentamento Padre Emílio April em União dos Palmares têm lutado para conquistar uma vaga no curso de graduação em agroecologia.

A matéria foi publicada em junho deste ano e neste mês de agosto foi realizada a prova do vestibular. De acordo com Ana Paula, o resultado ainda não saiu, mas ela segue em contato com uma das estudantes, a jovem Edcláudia da Rocha Silva, de 23 anos, para acompanhar os desdobramentos.

Cooperativa parabeniza jornalista por mais uma conquista

 

O diretor-administrativo da Jorgraf, Flávio Peixoto, comemorou mais uma conquista da profissional.

“É importante destacar mais uma conquista no cenário nacional, mostrando que a Jorgraf comanda veículos de comunicação de destaque, tanto no impresso Tribuna Independente quanto no portal de notícias Tribuna Hoje que buscam fazer jornalismo de qualidade e Ana Paula Omena é um exemplo”, destaca.

Para a diretora comercial da Jorgraf, Marilene Canuto, a premiação é uma vitória para toda a cooperativa.

“É sempre uma vitória para a gente enquanto cooperativa, enquanto jornal e enquanto portal. Isso só faz fortalecer. Mostrar ao mercado a que viemos. Nosso jornalistas sendo premiados, é uma forma de mostrar que temos jornalistas preparados e de destaque. É um orgulho. A Ana Paula tem sido premiadíssima  e merece honra por isso”, destaca Marilene.

Este ano, a jornalista conquistou outros três prêmios: o segundo lugar na categoria impresso na 5ª Edição do Prêmio Braskem SST de Jornalismo com a reportagem “Mestres sob pressão: quando o sonho de lecionar vira um pesadelo”, em parceira com a jornalista Thayanne Magalhães; o 3º lugar na categoria Impresso na 14ª edição do Prêmio Otávio Brandão de Jornalismo com a matéria “Crescimento desordenado que transforma vida em esgoto e lixo”, também em parceria com Thayanne Magalhães; e o terceiro lugar na categoria fotojornalismo também na mesma premiação.

Fonte: Tribuna Independente / Evellyn Pimentel

Comentários

MAIS NO TH