Cooperativas

10 de julho de 2018 09:44

Tribuna celebra mais um ano de parcerias

Parceiros destacam inovação, reinvenção, independência e democratização da informação promovidas por jornal diário e portal

↑ Diretor de marketing e relações institucionais da Braskem, Milton Pradines, diz que a Tribuna é um projeto sui generis no Brasil (Foto: Sandro Lima)

Ao longo dos 11 anos do jornal Tribuna Independente, foram várias as parcerias comerciais feitas com os mais diversos setores alagoanos. A Jorgraf celebra mais um ano lembrando-se da importância e da competência de grandes parceiros para a cooperativa, dentre os quais, alguns estão com a Tribuna desde o início de sua formação, em 2007.

O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Wilton Malta, ressalta que a atividade da Tribuna, ao longo dos anos, reforça que o modelo de cooperativismo é viável no mercado da comunicação. “A iniciativa dos jornalistas em levar o projeto adiante é extremamente positiva e garantiu a atuação de profissionais competentes na área, o que representa mais opções para o leitor alagoano”, ressaltou.

Wilton Malta também destacou que é grande o desafio de fazer jornalismo e acompanhar tendências. “As chamadas fake news confirmam a necessidade de se manter os bons profissionais e a responsabilidade dos veículos sérios até aumenta, porque orienta sobre quais informações são confiáveis”, observou.

A Braskem é mais uma parceira que parabeniza a Tribuna. O diretor de marketing e relações institucionais da empresa, Milton Pradines, afirma que o aniversário da cooperativa é “uma data muito significativa, pois demonstra a vitória de um projeto inovador”. “A Tribuna Independente é um projeto sui generis no Brasil, é diferente, pois une duas classes de trabalhadores – jornalistas e gráficos – em uma cooperativa. Esses mesmos trabalhadores mantêm dois canais de comunicação extremamente expressivos – jornal Tribuna Independente e portal Tribuna Hoje – e, dessa maneira, democratizam o acesso à informação”, afirma.

De acordo com Pradines, a parceria entre Tribuna e Braskem se dá na linha de inovação de gerência. “A Braskem apoia a democratização da informação. Quanto mais plural a informação for, melhor”, declara.

A agência Six Propaganda é uma das parceiras de longa data da Tribuna. O publicitário Ramatis Haywanon da Costa, da Six, diz que a agência acompanha o jornal desde o nascimento do veículo. “A Tribuna é uma iniciativa que todos vemos com bons olhos. Trata-se de um jornalismo independente e foi de iniciativa dos próprios jornalistas. Isso é muito bacana. É um veículo que consideramos de total importância para a liberdade de expressão do estado”, comenta o publicitário.

Outra parceira de longa data da Jorgraf é a agência Labox Comunicação Estratégica. Helamã Oliveira é publicitário e afirma que a Tribuna está com a Labox desde o início da agência. Helamã ressalta a relação com a diretora-comercial da Jorgraf, Marilene Canuto. “Todos gostam bastante da Marilene. No meio publicitário, ela é uma pessoa excepcional. Além de parceira, também é amiga. E digo ainda que ela é uma professora, pois estamos no mercado há pouco tempo e ela está sempre dando um apoio a mim e a minha equipe também. É muito satisfatório ver que a Labox faz parte dessa conquista da Tribuna”, diz.

Josimeri Souza, diretora de mídia da agência de publicidade Chama, também fez questão de deixar seu depoimento sobre a parceria que conserva com a Tribuna. “Nós, da Chama, vemos que a Tribuna é uma cooperativa que buscou, com trabalho e dedicação, o lugar dela no mercado alagoano durante esses 11 anos. Superou todas as dificuldades e buscou a independência. É um jornal merecedor de estar chegando a 11 anos de existência e tomara que sejam muitos anos a mais, pois o mercado precisa dele. É um meio que trata com grande respeito a todos clientes e leitores”, diz a diretora.

“REINVENTANDO-SE”

“Só temos coisas boas para falar da Tribuna. Primeiro, tem como características a resistência e a perseverança de sempre continuar se reinventando”. Assim afirma a diretora da agência Artecetera Comunicação, Patrícia Lavenère.

A diretora declara que, em uma época em que a mídia impressa está sendo ‘engolida’ pelos segmentos digitais, jornais como a Tribuna conseguem se manter para o público. “É como eu sempre digo, um veículo não vai aniquilar o outro. As mídias vão conviver em harmonia, se complementando. Vai prevalecer o crossmedia, que é a interação das mídias, buscando atingir o público em diferentes momentos”, presume a diretora.

Fonte: Tribuna Independente / Rívison Batista

Comentários

MAIS NO TH