Cooperativas

28 de maio de 2018 17:31

Semas oferta serviços a pessoas com deficiência

I Feira Alagoana de Inclusão da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho foi realizada na semana passada

↑ Acessuas Trabalho busca a autonomia das famílias usuárias da Política de Assistência Social (Foto: Assessoria da Secretaria Municipal de Assistência Social)

Os Serviços do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho) e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) Trabalho foram ofertados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), na I Feira Alagoana de Inclusão da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho, realizada na última semana, no Centro Especializado de Reabilitação – CER IV, no bairro do Farol.

Técnicas da Semas estiveram no local para orientar sobre como acessar o programa. O Acessuas Trabalho tem o objetivo de promover a integração dos usuários da Política de Assistência Social ao mundo do trabalho, por meio da articulação, identificação, sensibilização, desenvolvimento de habilidades e orientação para o mundo do trabalho. A Semas tem feito identificação do público para ser inserido no Programa Acessuas Trabalho com prioridade para a Pessoa com Deficiência.

Segundo a secretária municipal de assistência Social, Celiany Rocha, as pessoas com deficiência usuárias da Assistência Social que participaram da Feira de Inclusão, puderam saber como acessar o programa para ser inserido no mercado de trabalho. “O nosso foco é buscar a autonomia dessas famílias usuárias da Política de Assistência Social, por meio da integração ao mundo do trabalho”, destacou.

De acordo com a assistente social e técnica de referência do Acessuas Trabalho em Maceió, Emi Oliveira, esse programa não vem para capacitar e sim informar e orientar como usuários da Assistência Social podem acessar o mundo do trabalho. “O Acessuas pode ofertar oficinas para dar suporte ao usuário para fazer um currículo, como se portar numa entrevista de emprego, como ser empreendedor, como participar de uma cooperativa”, explicou.

Emi Oliveira ainda destacou que esse é um momento importante para a pessoa com deficiência, porque está acontecendo a atualização cadastral do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e alguns poderão perder o benefício por não estarem mais no perfil do programa. “O Acessuas possibilitará esse empoderamento através de oficinas, planos de trabalho e da articulação com secretarias e empresas, visando o acesso da pessoa com deficiência ao mundo de trabalho. Além disso, a equipe do Acessuas de Trabalho é responsável pelo acompanhamento da trajetória desse beneficiário”, ressaltou.

A dona de casa, Luciana Silva, de 42 anos, tem baixa visão e veio à feira para conseguir um lugar no mercado trabalho. “Gostei muito de participar da feira. Espero conseguir uma oportunidade de emprego”, disse Luciana.

A Feira Alagoana de Inclusão da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho foi realizada pela Associação Pestalozzi de Maceió em parceria com a Semas, a AAPPE, Adefal, Apae, Funcae, Amor 21, Associação Pestalozzi de Arapiraca, Superintendência do Trabalho, Procuradoria Regional do Trabalho (PRT) e Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Em Maceió, para tirar dúvidas sobre o Acessuas e do BPC Trabalho, o usuário deve se dirigir ao Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa) ou a um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência.

Fonte: Assessoria da Secretaria Municipal de Assistência Social / Texto: Vanessa Napoleão

Comentários

MAIS NO TH