Cooperativas

17 de abril de 2018 15:48

Governo de Alagoas vai incentivar cooperativa para o beneficiamento de leite

Unidade fica em Belo Monte e possui 230 associados; governador visitou as instalações da Coopaz na segunda-feira (16)

↑ Renan Filho visita cooperativa de leite (Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas)

Renan Filho afirmou, na segunda-feira (16), que o Governo do Estado vai destinar recursos à Cooperativa Agropecuária de Produtores de Leite Familiar da Bacia Leiteira de Alagoas (Coopaz), em Belo Monte, para a aquisição de equipamentos.

Ele visitou as instalações da unidade de beneficiamento de leite, acompanhado pelo prefeito do município, Claudeval Santana, e pelos deputados Antônio Albuquerque (estadual) e Nivaldo Albuquerque (federal), após a solenidade de assinatura da ordem de serviço para implantação e pavimentação do acesso a Belo Monte.

Cooperativa trabalha com mais de 300 produtores de leite da região

(Foto: Agência Alagoas)

Segundo Cleidinaldo José, técnico da Coopaz, a parte física da unidade de beneficiamento de leite está pronta desde o ano passado, mas faltam cerca de R$ 150 mil para a compra de equipamentos necessários ao funcionamento da fábrica. Os recursos foram pleiteados diretamente pelos cooperados ao governador.

Por dia, são produzidos pela Cooperativa 5 mil litros de leite que precisam ser beneficiados por meio de um laticínio terceirizado, já que a fábrica ainda não entrou em operação. O produto é vendido ao Programa do Leite, gerido pelo Governo do Estado.

A Cooperativa paga R$ 0,75 por litro de leite processado. O custo para beneficiar o produto com os próprios equipamentos não passaria de R$ 0,45.

Cooperativa trabalha com mais de 300 produtores de leite da região

(Foto: Agência Alagoas)

“Com essa unidade pronta e funcionando, o produtor poderá abrir a boca e dizer: ‘eu tenho um laticínio e beneficio o meu leite’. Isso vai reduzir os custos de produção e elevar nosso lucro”, afirmou Cleidinaldo José.

A Coopaz possui 230 cooperados e trabalha com mais de 300 produtores de leite da região. A unidade de beneficiamento também funcionará como fábrica-escola.

“Quando essa unidade de beneficiamento estiver funcionando, vai gerar mais de 20 empregos diretos aqui em Belo Monte, por isso é importante incentivar a produção leiteira e a agricultura familiar”, destacou o governador.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Severino Carvalho

Comentários

MAIS NO TH