Cooperativas

9 de junho de 2017 15:39

Casa do cooperativismo alagoano recepciona encontro

Grupo tratou sobre compras públicas para a alimentação escolar em 2017 e 2018

Representantes de cooperativas da agricultura familiar do Sertão, do Agreste e da Zona da Mata do Estado de Alagoas participaram hoje (08) de reunião na sede do Sistema OCB/AL* com representantes da Prefeitura de Maceió. O objetivo do encontro foi esclarecer as propostas de chamada pública nº 01/2017 e nº 01/2018.

De acordo com Anna Carla Luna, coordenadora do Setor de Alimentação e Nutrição Escolar da Secretaria Municipal de Educação de Maceió (SEMED), R$ 270.000,00 (duzentos e setenta mil reais) é o recurso disponível para o edital nº 01/2017 e para o ano de 2018 a previsão é de cerca de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais).

Em 2015, as compras da Prefeitura de Maceió aos agricultores familiares representaram 6,77% do total gasto com alimentação escolar.

Já em 2016, representaram 5,10%. “Alguns desafios como falta de produtos, falta de certidões e logística para entregas impediram que essas porcentagens fossem maiores e estamos trabalhando com o apoio do Sistema OCB/AL para que aumentem”, pontua Anna Luna.

A diretoria do Sistema OCB/AL sinalizou a possibilidade de estruturação de um galpão na capital para auxiliar o escoamento da produção das cooperativas.

“Além de toda assistência técnica necessária para profissionalizar as gestões dos negócios cooperativos, nós viabilizamos assistência técnica para acompanhar as produções e agora estamos trabalhando a viabilidade de um galpão em Maceió. Ele dará um suporte fundamental para o desenvolvimento desses pequenos negócios cooperativos”, destaca Marcos Rocha, presidente do Sistema OCB/AL.

As cooperativas registradas e regulares no Sistema OCB/AL presentes no encontro foram Coopeapis, Coopdelmi, Coopaf, Coopaal e Coopeagro.

Fonte: Ascom / Sistema OCB-AL

Comentários

MAIS NO TH