Cidades

24 de novembro de 2021 23:49

Algás lança terceira edição do projeto ‘Arte no Prato’

Coleção de pratos de porcelana que une gastronomia e arte alagoana faz este ano homenagem especial aos profissionais da saúde

↑ Lançamento aconteceu nesta quarta-feira no Centro de Convenções de Maceió (Foto: Edilson Omena)

Já virou tradição entre os amantes das artes e da culinária em Alagoas. A Algás (Distribuidora Alagoana de Gás Natural) convida o público, a partir desta semana, para a 3ª edição do Arte no Prato, maior projeto artístico-gastronômico já realizado em Alagoas. O evento de lançamento do projeto aconteceu no Centro de Convenções de Maceió, no bairro do Jaraguá, na noite desta quarta-feira (24).

Ediberto de Omena, presidente da Algás (Foto: Edilson Omena)

O presidente da Algás, Ediberto de Omena, estava presente no local e falou à reportagem da Tribuna. “É um projeto que surgiu há 4 anos. Não fizemos no ano passado por causa da pandemia. Mas voltamos com o projeto. O foco deste projeto é o prato. São 15 restaurantes participantes e 8 mestres da pintura para recriar os pratos. Cada restaurante participante terá 100 pratos pintados disponíveis”, afirmou o presidente.

Em edição limitada, a nova coleção de pratos de porcelana vem dessa vez inspirada pelo tema “Energia para Superar” – uma análise acerca dos ensinamentos com a pandemia de Covid-19, reconhecendo também o esforço de recuperação de todo o segmento gastronômico, um dos mais afetados durante o período de isolamento. Além disso, o projeto realizou uma homenagem aos profissionais de saúde.

O chefe do restaurante Divina Gula, Vitor Generoso, também estava no lançamento do projeto. “O Divina Gula já participou do projeto várias vezes e é sempre maravilhoso voltar a participar. Aqui a gente descobre novos artistas alagoanos e tem essa proximidade com a cultura local”, afirmou.

Os quinze restaurantes clientes da Algás e de diferentes especialidades foram convidados a criar receitas inéditas para esta edição do projeto, que serviram de inspiração para os oito artistas visuais desenvolverem as ilustrações exclusivas reproduzidas nos pratos. O resultado pode ser conferido em delícias gastronômicas e visuais como o Peixe à Terra e Mar, do chef Jonatas Moreira, do Akuaba, ilustrado pela artista Myrna Maracajá; a Moqueca da Terrinha, do chef Vitor Generoso, do Divina Gula, ilustrada por Weber Bagetti; e o Sol das Alagoas, do chef Wanderson Medeiros, interpretado por Lula Nogueira, entre outros.

O artista Weber Bagetti e sua obra (Foto: Edilson Omena)

Para garantir um dos pratos, basta consumir nos restaurantes participantes a receita criada para o projeto a partir do desta quinta-feira (25), enquanto durarem os estoques. Profissionais da saúde devidamente identificados levarão ainda de presente um segundo prato, criado pelo artista visual Weber Bagetti especialmente para a homenagem.

Tradição em Alagoas

Lançado em 2015, o Arte no Prato foi idealizado como um reconhecimento da Algás à cultura e à gastronomia alagoana, assim como aos estabelecimentos que fazem uso do gás natural em suas cozinhas, fonte de energia que garante não só mais economia, como também praticidade, segurança e conforto para estabelecimentos comerciais e residências.

Além da valorização da arte e da gastronomia, o projeto Arte no Prato possui também uma contrapartida social: ao aceitar o convite para participar do projeto, cada um dos restaurantes faz a doação de 10 cestas básicas que foram encaminhadas a instituições sociais de Maceió.

“Esta é mais uma das ações que integram as práticas cotidianas de sustentabilidade adotadas pela Companhia, que mantém como uma de suas principais políticas o selo ‘Adotei o Natural. Abracei o Social”, explica Ediberto de Omena.

Fonte: Rívison Batista com assessoria

Comentários

MAIS NO TH