Cidades

27 de julho de 2021 08:03

Servidores do PAM Salgadinho organizam manifestação contra perseguição e assédio moral

O Ato acontece a partir das 9 horas da manhã desta terça-feira, em frente ao prédio do PAM.

↑ Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (27) o SINDPREV-AL está convocando os servidores do PAM Salgadinho e sociedade em geral para um ato público de protesto contra as perseguições e assédio moral, além de cobrar melhores condições de trabalho por parte da Secretaria Municipal de Saúde. O Ato acontece a partir das 9 horas da manhã desta terça-feira, em frente ao prédio do PAM.

A situação no PAM Salgadinho está cada vez pior. Atualmente os servidores que atuam no maior posto de saúde de Alagoas, reclamam das constantes perseguições e assédio moral praticados pela atual gestão do PAM. Recentemente servidores efetivos foram colocados à disposição e enviados para a Secretaria de Saúde, sem que fosse apresentado nenhuma justificativa para tal.

A situação estrutural do PAM Salgadinho vem sendo denunciada ao longo dos anos pelo SINDPREV-AL em uma luta constante pela melhoria das condições de trabalho e de atendimento. No local, que ironicamente teve uma reforma entre os anos de 2015 e 2016 continua com praticamente os mesmo problemas de antes. O sistema hidráulico não foi renovado, levando a constantes falta de água e outros problemas.

Com relação ao sistema elétrico é outro grave problema, ainda mais que no PAM Salgadinho não tem extintores de incêndio, nem mangueiras de água para combater o fogo.

A direção do Posto está exercendo uma constante pressão junto aos profissionais de saúde cobrando atendimento sem que haja condições mínimas para isso. A redução do quadro de funcionários tem levado a uma constante sobrecarga de trabalho nos servidores efetivos e também nos precarizados.
Informações complementares: Manasses Santana (Diretor do SINDPREV-Al e presidente do Comitê Gestor do PAM Salgadinho) – 9 8889-3161

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH