Cidades

25 de julho de 2021 17:12

Homem é socorrido após ser atacado por tubarão em Jaboatão dos Guararapes

Este é o segundo incidente com tubarão registrado no mesmo local, em um intervalo de 15 dias. No dia 10 de julho, um homem morreu após ter lesões graves na coxa e em uma das mãos provocadas pelo animal.

↑ Na área onde aconteceu o ataque, neste domingo (25), já houve outros 13 incidentes com tubarão, que resultaram em sete mortes. Foto: Reprodução/WhatsApp

Um homem de 32 anos foi atacado por um tubarão, neste domingo (25), na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele estava em águas rasas, agachado, quando sofreu o ataque. A vítima teve ferimentos na parte posterior da coxa esquerda e glúteos e foi socorrida no Hospital da Aeronáutica, também em Jaboatão.

O homem foi estabilizado no Hospital da Aeronáutica e levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central do Recife.

De acordo com o HR, Everton dos Reis Guimarães entrou consciente na unidade de saúde e será reavaliado por médicos, que vão decidir se ele passará por cirurgia.

O incidente aconteceu na área onde fica a Igrejinha de Piedade, onde já tinham sido registrados outros 13 casos. É o segundo ataque de tubarão no mesmo local em um intervalo de 15 dias. No dia 10 de julho, um homem de 51 anos morreu após um incidente com tubarão no mesmo ponto da praia de Piedade.

Desde 1992, quando começaram a ser registrados os ataques no litoral pernambucano, foram notificados outros 67 incidentes com tubarão em Pernambuco. Os dados são do Comitê Estadual de Monitoramento (Cemit). Ao todo, houve 26 mortes, neste período.

De cada cinco ataques de tubarão notificados em Pernambuco, um aconteceu nesta mesma área. Das outras 13 pessoas atacadas neste local, 12 eram banhistas e uma era surfista. Ao todo, sete morreram.

A vítima mais recente foi o auxiliar de serviços gerais Marcelo Rocha Santos, de 51 anos. Ele teve a mão arrancada e um ferimento profundo na coxa, no dia 10 deste mês. Chegou a ser levado para o Hospital da Restauração, mas chegou sem vida.

Para evitar incidentes com tubarões, várias atividades no mar estão proibidas desde 1999 em áreas de maior risco. Entre elas, surfe e bodyboard.

A proibição vai da praia Del Chifre, em Olinda, até a Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, incluindo todas as praias do Recife e de Jaboatão.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH